Publicidade
Sim & Não

Baixas no governo vão continuar

16/10/2016 às 19:41
Show show melo

Quem saiu, sairá ou ainda está assessorando José Melo (Pros) afirma que o governo precisa e vai passar por mais uma grande reforma. Colaboradores da coluna com trânsito na base do governo na ALE-AM e no palácio da Compensa dizem que as saídas de Raul Zaidan (Casa) e Clóvis Smith (PGE) não são sinais isolados. Apenas puxaram uma corda que deve se estender nos próximos dias. Sem confirmação oficial, a fila de novas baixas teria agora os nomes de Afonso Lobo (Sefaz) e Pedro Elias (Susam).

No meio do furacão

Tanto Afonso Lobo quanto Pedro Elias estão pressionados. As pastas dos dois foram as mais atingidas pelas limitações e problemas impostos pela crise econômica.

Fio da navalha

A pressão sobre o titular da Susam aumentou nos últimos dias com a descoberta de que organização comandada por um médico desviou mais de R$ 110 milhões em contratos com a pasta.

Assunto é outro

Pedro Elias diz que a entrega de seu cargo não tem feito parte da pauta das conversas dele com Melo. E rebate as tentativas de responsabilizá-lo pelo que foi apurado na operação “Maus Caminhos”.

Aqui não

 “Minha história de decência , de respeito aos meus pacientes e à coisa pública, ninguém vai enlamear. Minha interferência sempre foi pra manter o atendimento aos nossos pacientes, o que fiz todos os dias desde que assumi a Susam em meio a maior crise financeira da história”, comentou Pedro Elias.

Um dia, talvez

Questionado pela coluna sobre sua situação na Sefaz, Afonso Lobo respondeu: “Devo sair um dia certamente, mas não deverá ser semana que vem”.

Tá preparado

No centro da mais nova polêmica da disputa pela Prefeitura de Manaus, o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, diz que “quem tem a consciência tranquila e a verdade como companhia, enfrenta tudo”.

Munição 

A campanha de Marcelo Ramos (PR) vem explorando o fato de Homero ter assinado contratos da Semsa com empresas de presos na operação “Manaus Caminhos”.

 

Promessa

Durante debate na TV, sexta (14), o prefeito Artur Neto (PSDB) disse que demitiria Homero se fosse verdadeira a informação de Marcelo, confirmada por A CRÍTICA na edição de ontem.

Quer resposta

“Quem me acusa,  com insinuações maldosas e mentirosas, irá responder por isso na Justiça”, declarou Homero, defendendo que não há ilegalidade nos contratos.

Todos os cenários

O número de pesquisas eleitorais registradas no TRE-AM em outubro (14), neste 2º turno, já chega à metade do número de consultas realizadas no mês de setembro (28), quando se disputou o 1º turno.

Segunda cheia 

Somente hoje, além da Projeta/A CRÍTICA, outros três institutos divulgam consultas sobre a disputa pela Prefeitura de Manaus, segundo informações no site do TRE-AM.

Déjà vu 

Comum em prefeituras do interior, a transição de governo em Parintins está sendo traumática. Correligionários do prefeito eleito, Bi Garcia (PSDB), acusaram a atual administração de sumir com documentos.