Publicidade
Sim & Não

Bancada quer ‘pegar’ Temer pela palavra

06/06/2018 às 20:50
Show michel temer

O senador Eduardo Braga (MDB) admitiu ontem que, fora tentar convencer o próprio presidente Michel Temer a rever a MP que tira benefícios do polo de concentrados, as demais opções da bancada, como recorrer ao STF ou convencer o Congresso a aprovar um decreto legislativo, são alternativas que não garantem solução a curto prazo. “Temer se comprometeu, em viva voz, a encontrar uma solução que não prejudicasse a ZFM. Que faça  valer o que  prometeu”, afirmou Braga à coluna.

Tempo Braga lembrou que a última ação do Estado no STF em favor da ZFM durou quase uma década. Também disse que a aprovação de um decreto legislativo, no Senado e depois na Câmara, pode levar meses.

Próximo passo A bancada do AM  está disposta a aguardar até terça-feira (12) uma resposta do Ministério da Fazenda para o problema criado pela MP. Se o silêncio da pasta perdurar, os parlamentares vão a Temer.

Irritação 1  O estudo que consta no site da Suframa e que foi divulgado pelo SIM&NÃO, ontem, dando conta de que o fechamento do polo de concentrados atingiria 100 mil empregos no AM - diretos, indiretos e induzidos -, irritou os congressistas do Estado. O assunto foi tratado ontem na reunião da bancada, em Brasília.

Irritação 2  Líder da bancada federal, Omar Aziz (PSD) sustentou  que o dado “está fora da lógica” e cria um alarme desnecessário. Braga acrescentou: “Não bate com a realidade”. Ambos disseram que a preocupação vai além das vagas. “É o precedente”, repetiram. Pauderney Avelino  também apontou exagero.

Ciência 1  A economista Ana Maria Souza, Coordenadora-Geral de Estudos Econômicos e Empresariais da Suframa e responsável pelo levantamento, explicou que a simulação fez uso de uma metodologia internacional -  a Matriz de Insumo-Produto (MIP) - que também é usada pelo IBGE.

Ciência 2  Mestre em Desenvolvimento Regional e especialista em Direito Público e Comércio Exterior, Ana Maria sustentou que a simulação leva em conta o efeito cascata na hipótese da quebra do polo de concentrados. “O impacto seria em 100.000 ocupações. Não são 100.000 empregos diretos”, disse, acrescentando: “A matemática não mente”.

Bem-Me-Quer  O ministro dos Transportes, Valter Casimiro, prometeu estar  no Amazonas dia 16 para a inauguração do novo porto

de Itacoatiara. O informe foi dado ao deputado Alfredo Nascimento (PR), que anda todo serelepe com os novos portos. Tefé ganhará o seu neste sábado. Alfredo foi  precursor dos projetos.

Mal-me-quer Já o ministro do Meio Ambiente, Édson Duarte,  cancelou a visita que faria esta semana ao Amazonas. Avisou o governo do Estado que cumprirá “outra agenda” com Temer.

Dúvida O vice-governador Bosco Saraiva foi a  Brasília buscar da liderança do Solidariedade informações sobre os rumos da sigla. Semana passada, Bosco foi retirado da presidência da legenda. Carlos Lacerda, que o substituiu, foi preso 24h depois.

Visionário Em encontro com pastores de sua igreja, Wanderley Dallas jurou que essa será sua última campanha para a ALE, ganhando ou perdendo. “Os mais jovens precisam de espaço”, disse. O vereador Dallas Filho tem 35 anos.