Publicidade
Sim & Não

Campanha de candidatos a governo deve turbinar voos fretados

23/06/2017 às 22:10
Show voos

Empresas de táxi-aéreo que prestam serviço no Amazonas estão na expectativa de que a “eleição fora de época” aqueça o setor no início do segundo semestre,  com as viagens dos candidatos para o interior do Estado. Dispostos a fugir de qualquer proposta de “Caixa 2” e a computador todos os registros dos serviços com notas fiscais, os empresários do ramo só temem perder espaço para o que chamam de “voos piratas”, feitos por aeronaves privadas, que podem ajudar a camuflar gastos de campanha.

Medida O vai e vem de táxi-aéreo também servirá de termômetro da campanha eleitoral e da movimentação dos candidatos no interior (e, obviamente, poderá ser comparado com os gastos de cada um na eleição).

Estranho Das oito chapas que concorrem ao governo do Amazonas, a de Eduardo Braga (PMDB) e Marcelo Ramos (PR) foi a única que não deu retorno ao Comitê de Combate ao Caixa Dois, que propôs uma carta-compromisso aos candidatos para o não uso de dinheiro sujo  na campanha eleitoral.  

Atrasado Aos membros do comitê, a equipe de Amazonino Mendes (PDT) prometeu que ele assina o compromisso público na próxima segunda-feira (26).

Reforção A candidata ao governo, jornalista Liliane Araújo (PPS), comemorou o “apoio nacional” que sua campanha recebeu ontem. Conforme texto distribuído por ela à imprensa, “a coligação ‘Mudança com Segurança’ não para de receber apoio nacional. Dessa vez, o senador Cristovam Buarque (PPS) do Distrito Federal”, informa. 

Climão A votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) na Câmara Municipal de Manaus (CMM), aprovada ontem pela maioria da Casa, sem nenhuma emenda, causou estresse. A vereadora Jacqueline Pinheiro (PHS)  se irritou com o discurso do colega Chico Preto (PMN), em favor das emendas, chegando a comparar a discussão  a um “circo”.

Seja homem!   Para jogar lenha na fogueira, o vereador Elissandro Bessa, também do PHS, provocou Chico Preto com uma frase inaudível para aqueles que acompanhavam a sessão de fora do plenário. Só se sabe que o comentário foi sério por conta da reação de Chico Preto: “Se você for homem, fale na minha cara”.

Decoreba O vereador Gilvandro Mota (PTC) se prepara para substituir o colega Marcel Alexandre (PMDB) na SMTU. Já teve conversas sobre o assunto com o prefeito Artur Neto (PSDB) e, a partir daí, começou a estudar o setor, decorar dados e a levantar o que deu certo no transporte urbano de outras cidades.

Praça Gilvandro anunciou que, “como soldado”, está à disposição de Artur. O parlamentar foi coronel da Polícia Militar, onde passou 29 anos. Membro do PMDB, Marcel Alexandre deixa a SMTU após o racha entre o prefeito e o senador Eduardo Braga, presidente estadual do partido.

Troca-troca A saída de Marcel Alexandre  do executivo municipal vai promover uma dança das cadeiras na Câmara Municipal de Manaus. Dallas Filho (PMDB), que estava há um mês na Casa, volta à condição de suplente. Se a ida de Gilvandro para a SMTU for carimbada, assume em seu lugar Sérgio Câmara.