Publicidade
Sim & Não

Campanha tem rombo de R$ 2 milhões

27/10/2016 às 21:09 - Atualizado em 28/10/2016 às 09:03
Show artur neto033

A três dias do fim das eleições, as contas da campanha do prefeito Artur Neto (PSDB) apresentam um rombo de R$ 2 milhões. Segundo dados do TSE, o tucano informou ter recebido R$ 2,1 milhões de doadores, enquanto o que deve ultrapassam os R$ 4,1 milhões. Das duas uma: falta de dinheiro mesmo, ou tem dinheiro, mas há dificuldade para legalizar os recursos. Isso porque, legalmente, as doações tem que originar de doadores com lastro em declaração de imposto renda.

No azul  O candidato do PR, Marcelo Ramos, arrecadou R$ 2,7 milhões, fez dívida de R$ 1,9 milhão e já pagou R$ 1,8 milhão.

Viral   Marcelo entrou na brincadeira com o bordão “Tem dinheiro. Dá pra fazer”, cunhado por ele na campanha e que viralizou na Internet essa semana. Ontem, o candidato gravou um vídeo humorado explicando por que ele garante que tem dinheiro na prefeitura.

Tem sim “Se não contratar empresa de presos na operação “Maus Caminhos” sobra dinheiro para fazer as 400 equipes de estratégia da saúde da família. Por isso que eu digo e o povo repete nas ruas: Tem dinheiro. Dá pra fazer!”, afirma Marcelo.

Tinha Artur também se aproximou do bordão do adversário essa semana. Durante reunião com trabalhadores da área da saúde, na quarta, 26, ao falar do reajuste que deu à categoria, o tucano disparou: “Tinha dinheiro, deu pra fazer”.

Esperando A assessoria jurídica de Marcelo Ramos entrou com representações exigindo a imediata paralisação das postagens nas redes sociais do prefeito em obras, mas até agora a Justiça não se manifestou.

Com a máquina A pretexto de fiscalizar obras na condição de prefeito, Artur vem usando as imagens das visitas a obras pagas com dinheiro público para turbinar a sua campanha na reta final do segundo turno.

Não gostou  A vitória do governador José Melo (Pros) no TRE-AM, na quarta, 26, teve reflexos na campanha tucana. Logo depois do resultado, o senador Eduardo Braga (PMDB) cancelou caminhadas marcadas para aquele mesmo dia, à noite.

Cancela  Quem cancelou caminhadas ontem também foi o vice na chapa de Artur, deputado federal Marcos Rotta (PMDB). Segundo o parlamentar, os compromissos foram cancelados para que ele pudesse participar das gravações do último programa da campanha deles.

Eletrônico  Rotta tem se destacado mais na locução dos programas de TV de Artur, do que mesmo nas ações de rua. Quando questionado, o prefeito garante que colocará o vice em uma vitrine se eles vencerem as eleições domingo.

Se  “Se vencermos, ele ficará encarregado por tocar o projeto do BRT. Ele estará à frente de todas as ações”, afirmou Artur em uma entrevista de rádio.

Repeteco  É grande a possibilidade de novas eleições em Lábrea. Isso porque o prefeito eleito no município, Gean Barros (PMDB), ainda não conseguiu liberar seu registro de candidatura.

Perdeu de novo  Gean disputou o pleito com o registro indeferido pela Justiça do município, e agora o TRE manteve a decisão.