Publicidade
Sim & Não

Ciúme corrói base tucana na Câmara

23/08/2016 às 21:20
Show mnt

Com uma semana de campanha, a base de Artur Neto (PSDB) na CMM manda recados a aliados de que não está satisfeita com a atenção (ou falta dela) que a campanha do tucano tem dado aos vereadores. O estopim da insatisfação foi a indicação do deputado estadual Bosco Saraiva e do ex-deputado Sabino Castelo Branco para a coordenação das atividades de campanha nas zonas Sul e Norte. Os parlamentares dizem saber que Bosco e Sabino 
têm candidatos e jamais pedirão votos para os outros.

Todos iguais  

Membro do núcleo duro da campanha tucana, o secretário municipal Márcio Noronha (Casa Civil) diz que todos os vereadores recebem tratamento igual. E que Bosco e Sabino foram orientados para seguir isso.

Ser ou não ser  

Para Márcio, não é possível impedir que Bosco e Sabino tenham preferência por um candidato, mas isso não os autoriza a esquecer os demais 543 candidatos da coligação.

Sinais dos tempos  

Artur não é exceção. Vereadores de partidos da coligação de Marcelo Ramos (PR) também têm se queixado pelos cantos da CMM da falta de um tratamento diferenciado para eles na campanha.

Debate na web 1

Ausente em debate na TV, o prefeito usou a página dele no Facebook, ontem, para dizer que Henrique Oliveira (SD) mentiu ao afirmar que a Prefeitura instala lâmpadas de LED apenas em áreas nobres e que as lâmpadas antigas estão indo para o lixo.

Debate na web 2  

Segundo a prefeitura, as lâmpadas brancas são aproveitadas em pontos da cidade onde havia luz amarela. Enquanto as amarelas são guardadas em um galpão, enquanto se estuda maneiras de doá-las para municípios
 da região metropolitana.

Pleitos

Arthur Neto, Marcos Rotta (PMDB) e o deputado federal Arthur Bisneto (PSDB) reuniram-se com o ministro Bruno Araújo para pleitear a liberação de verba para projetos de mobilidade urbana em tramitação no Ministério das Cidades e acertar a data de inauguração de complexo de moradias populares na capital.

Santo alvo  

Estreante em debate na televisão, o candidato a prefeito Silas Câmara (PRB) avalia que se saiu bem, pois nenhuma bala trocada entre os participantes o atingiu. Evangélico, Silas diz que, diferente dos adversários, o alvo dele é governar “na direção do Espírito Santo”.

Não curtiu  

Candidato a prefeito do PDT, o deputado federal Hissa Abrahão foi multado pela Justiça Eleitoral em R$ 5 mil. Segundo a decisão da juíza Lídia de Abreu, o político pagou para turbinar a veiculação de uma postagem dele no Facebook, ato vetado pela legislação eleitoral.

Mesmo bonde  

Matéria do Estadão mostrou, ontem, que Manaus é uma das 13 capitais em que o vice-prefeito eleito em 2012 é adversário do prefeito na disputa desse ano.

Veja bem 1  

A assessoria do TJ-AM informou que Alex Mendes Braga não responde mais pelas mídias sociais do tribunal. Ele foi exonerado no dia 20 de julho, sete dias depois da nomeação, após ser confirmada a ligação dele com páginas nas redes sociais. 

Veja bem 2  

Alex é alvo de representações na Justiça Eleitoral movidas por políticos que se dizem vítimas de propaganda negativa em páginas no Facebook que seriam administradas por ele.