Publicidade
Sim & Não

CNJ celebra punições a magistrados

28/06/2018 às 21:38
Show cnj

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgou estatística ontem em que ‘comemora’ as punições a magistrados de todo o País após a criação do órgão. Em texto distribuído à imprensa, diz: “Ao completar o seu 13º aniversário, o órgão de controle disciplinar do Poder Judiciário contabiliza 87 punições determinadas a magistrados e servidores após julgamento de Processos Administrativos Disciplinares (PADs)”. O texto também ressalta as “punições aplicadas pelo CNJ na gestão Cármen Lúcia”.

Ações O AM já teve figuras acusadas, absolvidas e punidas pelo CNJ. Entre os punidos estão  o ex-corregedor geral de Justiça do TJ/AM, ex-desembargador Jovaldo dos Santos Aguiar, aposentado compulsoriamente, e o ex-juiz Celso Gióia.

Fora A desembargadora Encarnação Salgado completa este mês dois anos afastada do plenário do TJ/AM por, supostamente, colaborar com uma facção criminosa. Ela também enfrenta procedimentos no CNJ.

Verba suada Sem dúvida, a atuação do CNJ na última década não só emparedou magistrados desonestos como evitou abusos. Caso do TJ/RJ  que queria gastar, a partir de 2018,  R$ 5 milhões em cinco anos a fim de custear despesas com academia para magistrados e seus parentes.

Articulação A visita de Ciro Gomes ao Amazonas, neste final de semana, estará focada no fortalecimento das alianças nacionais que o pedetista pretende firmar para sua campanha à Presidência da  República. A informação é do presidente estadual do PDT, deputado federal Hissa Abrahão.

Com todos De acordo com Hissa Abrahão, Ciro planeja ter encontros com ”todas as autoridades” que se identificam com seu projeto de governo. Um encontro entre ele e o governador Amazonino Mendes, do PDT, deve ocorrer em Parintins, no sábado à noite, mas o partido não confirma.

É festa Desde ontem, a Assembleia Legislativa do Estado (ALE/AM) já vivia o clima de Parintins. Só dez deputados participaram da sessão.

Vapt Vupt O petista Sinésio Campos estava tão apressado para deixar o plenário, ontem, que fez um discurso “the flash” e saiu praticamente correndo. O colega Adjuto Afonso (PP) observou e disse: “Sinésio, desliga o microfone quando sair”. Sinésio não estava mais lá para ouvir a repreensão.

Foco A oposição ao governo estadual passará a investir pesado no contrato de R$ 5,6 milhões com a empresa Giuliani Security & Safety, especialmente após as conclusões da primeira fase da consultoria.

Staff 1 Prevendo o desgaste, o evento do governo com a presença do ex-prefeito de Nova York, anteontem,  contou com representantes dos principais poderes.

Staff 2 Estavam lá ao lado do governador o procurador-geral do MPE/AM, Fábio Monteiro; o procurador-chefe da Procuradoria da República no Amazonas, Edmilson Barreiros; o presidente do TJ/AM, Flávio Pascarelli, e deputados estaduais.

Pepino O desembargador João Simões, que tem em mãos  o mandado de segurança movido pela ALE/AM que tenta obrigar o governo a liberar as verbas das emendas impositivas, pediu ontem explicações do Estado.