Publicidade
Sim & Não

‘Conciliar Saúde e 2020 é impossível’

10/03/2019 às 10:46
Show show carlos almeida b5584de4 1422 4916 821e 9b1efedcb7a7

“Não dá para conciliar o que precisamos consertar na Saúde com discussão político-eleitoral de 2020. Impossível”. A declaração é do vice-governador Carlos Almeida, ao ser questionado sobre uma possível mudança partidária e a corrida pela Prefeitura de Manaus, no ano que vem. Almeida sustenta que segue no PRTB, embora o partido não tenha ultrapassado a cláusula de barreira, e disse que estabeleceu como missão trabalhar na Susam durante quatro anos para reestruturar a Saúde do Estado. 

Obstinação

Figura de destaque no grupo criado a partir da eleição do governador Wilson Lima (PSC), Carlos Almeida garante que não faz qualquer análise sobre o cenário  de 2020. “Minha preocupação está ligada aos resultados na Saúde”, afirma. “O que queremos construir na Saúde é muito estrutural. A deficiência estrutural é histórica”, sustenta.  

Mixuruquice

O vice-governador diz que está “confortável” no PRTB, partido que comanda no Estado, e que a liderança da legenda, por ora, descarta a possibilidade de fusão. Sobre a perda do Fundo Partidário e do tempo de TV, por causa da cláusula de barreira, ele diz: “Já era irrisório antes”. No Planalto, o PRTB também tem um vice: Hamilton Mourão. 

Asfixia

PMB, PCB, PSTU, PCO, PHS, PCdoB, PRP, Rede, PRTB, PMN, PTC, PPL e DC tentam sobreviver depois de não conseguirem alcançar os critérios estabelecidos pela Reforma Política. O PPS, que passou de raspão pela “nota de corte” - 1,5% dos votos válidos, distribuídos em pelo menos nove unidades da federação - tenta atrair siglas barradas pela cláusula, entre elas, a Rede. 

Batalha 1

O deputado Álvaro Campelo (PP) já sabe que não terá vida fácil para tentar convencer a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado a autorizar a instalação da CPI dos Combustíveis. Antes mesmo da investigação ser aberta, porém, o parlamentar já recebe denúncias de desvios de combustível no interior. 

Batalha 2

A colegas, Campelo confidenciou, semana passada, ter recebido informações que levantam suspeitas sobre prefeituras do Alto Solimões. Há indícios, por exemplo, de que a quantidade de gasolina, diesel e óleo lubrificante ultrapassavam  a capacidade de absorção pela máquina municipal. 

Debate

“Fraternidade e Políticas Públicas”, tema da Campanha da Fraternidade 2019, será debatida em Sessão Solene na Câmara dos Deputados nesta segunda (12). A iniciativa é do PT e do PODE.  

Pedrada

O ex-deputado estadual Luiz Castro (Rede) volta esta semana à Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), desta vez, na condição de vidraça. Titular da Seduc, Castro dará explicações à Comissão de Educação na quinta-feira, às 15h, no auditório Cônego Azevedo, no 4° andar da Casa. 

Pressão

Deputados estaduais se preparam para, já na sessão de terça-feira (12), cobrar a presença de Luiz Castro no plenário da Assembleia, em horário matinal, com transmissão ao vivo pela TV ALE-AM, e não em um auditório do Legislativo.

Será?

A depender das declarações que fez no Dia Internacional da Mulher, o prefeito Arthur Neto (PSDB) vai dar espaço à restrita ala feminina do ninho tucano na cabeça de chapa da Eleição 2020. “Quero igualdade plena”, disse ele.