Publicidade
Sim & Não

Cotada para Afeam avalizou fundo duvidoso

26/03/2018 às 21:16 - Atualizado em 26/03/2018 às 21:17
Show afeam

Cotada para assumir o comando da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), Iolane Machado da Silva é acusada de atuar como lobista em favor do FIP Expert. O fundo, envolvido em escândalo com o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, já provocou a destituição de toda a diretoria da própria Afeam, em 2016.  Dois anos antes, Iolane defendeu a aplicação de verbas da Manausprev no FIP Expert, mas foi voto vencido em reunião do Comitê de Investimento.

Passado Iolane Machado foi investigada em 2007, no Pará, por falsificação de documentos. E, em 2015, foi alvo do inquérito do MP do Amazonas que apurou acúmulo de funções. Ela é irmã do vice-presidente estadual do PDT, Stones Machado, e já ocupou cargos de direção na Manausprev e SMTU.

Enxuta Eletronorte e Eletrobras Amazonas estão entre as empresas incluídas no Plano de Demissão Consensual (PDC) lançado ontem pela estatal. A meta é desligar três mil funcionários, com economia R$ 890 milhões/ano.

Enxuta 2 O Plano de Demissão Consensual será implantado simultaneamente na holding e nas empresas. A adesão dos empregados pode ser feita até o dia 27 de abril, com oito turmas de desligamentos no período de 30 de maio a 14 de dezembro.

Prorrogada A medida provisória (MP) 814 de 2017, que viabiliza a privatização da Eletrobras, teve a vigência prorrogada por mais 60 dias. O ato do Congresso, com data de 23 de março, foi publicado no Diário Oficial da União ontem.

Debate A comissão mista que examina a MP 814 realiza, hoje, a primeira das três audiências públicas agendadas para debater a privatização. O colegiado é presidido pelo senador Eduardo Braga (MDB).

Pesquisa A Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam) já está recebendo propostas para três editais lançados este mês.  Um deles, o Universal Amazonas, vai bancar até 80 propostas de pesquisa de inovação ou transferência tecnológica no valor de no máximo R$ 40 mil.

Reparos Os 263 contratos sem cobertura legal mantidos pela Secretaria de Saúde (Susam) até a posse do governador Amazonino Mendes (PDT), há cinco meses, começaram a ser encerrados. A CGL publicou os primeiros editais de licitação para os serviços prestados.

Frota nova A Comissão Permanente de Licitação do Ministério Público do Estado anunciou no Diário Oficial de ontem pregão eletrônico para compra de veículos novos para a instituição. A publicação cita os seguintes modelos: sedans executivo e pequeno porte, van ou minibus, motocicletas e pick-up cabine dupla.

Chip no Samu O Ministério da Saúde está licitando serviço de controle do deslocamento de todas as ambulâncias do Samu no País.  O anúncio foi feito ontem, pelo ministro Ricardo Barros, na cerimônia de entrega de 476 novas ambulâncias. Três delas  para o Amazonas.

Gato federal O Superior Tribunal de Justiça (STJ) firmou jurisprudência sobre a competência para julgar crimes de compartilhamento ilícito de sinal de TV por assinatura, via satélite ou cabo. O colegiado, à unanimidade, entendeu que os casos cabem à Justiça Federal.