Publicidade
Sim & Não

CPI ressurge na Assembleia após eleição

07/09/2017 às 18:11
Show trio pol tica

Um grupo de deputados  influentes na Assembleia Legislativa do Estado (ALE/AM) decidiu desarquivar a “CPI da Maus Caminhos”. O plano é ressuscitar a Comissão Parlamentar de Inquérito ainda este mês. Na semana passada, o grupo teve uma reunião reservada para tratar do assunto. Três personagens estão no alvo dos parlamentares: o governador cassado José Melo (Pros), o senador Omar Aziz (PSD) e o governador eleito Amazonino Mendes (PDT).

Republicanos   O interesse súbito dos deputados pela apuração de desvios de recursos na saúde do Estado se dá um ano após a Polícia Federal ter deflagrado a “Operação Maus Caminhos”, que apontou rombo de R$ 100 milhões na Saúde do Amazonas. 

Pensando bem...   À época, a oposição penou para alcançar as assinaturas suficientes a fim de aprovar a CPI. Obteve os oito apoios necessários, mas, por “vários motivos”, a maioria dos deputados retirou as assinaturas. Agora, se arrependeram.

Raciocínio  Na análise feita pelos parlamentares, empresas ligadas a apoiadores de Amazonino Mendes podem ser atingidas.

Rescaldo  O MPF abriu um  “Procedimento Preparatório Eleitoral” para investigar a “apreensão de material de propaganda eleitoral (cartazes e adesivos) de candidato a governador nas Eleições Suplementares 2017, na zona rural de Parintins/AM, no porto fluvial da comunidade Mocambo do Arari, em 30/07/2017”.

Intermediário  A abertura do procedimento é assinada pelo procurador eleitoral auxiliar Thiago Corrêa e não cita de qual candidato se trata. Diz apenas que a denúncia foi encaminhada por meio do Centro de Atendimento ao Público do MPE/AM, “noticiando supostas irregularidades em relação à convocação de reunião para fins eleitorais”.

‘Erramos’   Depois de aposentar um morto, o Poder Executivo Estadual foi obrigado a corrigir o erro na  publicação do Diário Oficial do Estado (DOE) que circulou sexta-feira passada. 

 

Porém   O Decreto de Aposentadoria do auxiliar de serviços gerais da Susam Wander Ramos Coelho foi publicado pelo governo no dia 2 de junho, mas um detalhe passou despercebido: o servidor faleceu dois meses antes, no dia 3 de abril.

Frustração  Criada em 2013,  a página “Amazonas Precisa de Defensores Públicos” anunciou ontem o encerramento de suas atividades no Facebook. Um texto intitulado “Luto”, publicado na página, lamenta que o prazo para nomeações de defensores aprovados em concurso encerre domingo (10) sem que 30 deles tenham sido convocados.

Influência   O Portal A Crítica registrou, no mês de agosto, um crescimento de 40% nas visualizações de páginas em relação ao mês anterior, aumentando ainda mais sua condição de relevância no mundo da informação digital.

Resultado Um dos impulsionadores do crescimento foi o investimento nas redes sociais, com a implantação do Núcleo Digital - coordenado pela  empresa Go Upper. Os acessos para o Portal A Crítica via Facebook, por exemplo, cresceram 35% em relação a setembro.