Publicidade
Editorial

Cuidados que o eleitor deve ter

30/09/2016 às 22:01
Show biometria valendo02

Às vésperas do dia decisivo das eleições, a principal preocupação da Justiça Eleitoral é evitar um efeito colateral do recadastramento biométrico. Como parte do procedimento, metade dos eleitores de Manaus teve seu local de votação alterado para ficar mais próximo de sua residência e facilitar o acesso às urnas. O problema é que muitos eleitores ainda não estão cientes do local onde sua sessão está instalada. O que os juízes do TRE temem é que haja um excesso de pessoas comparecendo no local errado no dia da votação, causando atrasos, demora e eventuais tumultos. Para evitar que isso ocorra, esta edição de A CRÍTICA traz um lista com endereços de todas as zonas eleitorais em funcionamento nestas eleições.

Cabe ao eleitor buscar informações com antecedência para exercer sua cidadania de forma tranquila. Estas eleições serão, sem dúvida, muito diferentes de todas as anteriores. A campanha se deu - como já era esperado - sem estravagâncias. Os tradicionais comícios foram substituídos por “minicomícios” e caminhadas pelas ruas da cidade, principalmente a periferia, áreas mais populosas. O que se espera é que certas marcas negativas de eleições passadas não se repitam nesta. É o caso do emporcalhamento da cidade, com o derramamento de santinhos nas proximidades das sessões eleitorais. Estas podem ser as eleições mais limpas dos últimos tempos, o que só depende da consciência dos candidatos e dos próprios eleitores, que não podem se acomodar e devem denunciar abusos durante as eleições, indicando quem são os porcalhões para que a Justiça possa impor as sanções cabíveis.

São apenas detalhes, mas que fazem toda a diferença no bom andamento do processo democrático. O mais importante, é claro, é o próprio exercício do voto consciente, quando eleitores devem comparecer às sessões eleitorais para manifestar sua vontade sobre a pessoa que deve administrar Manaus pelos próximos quatro anos, bem como os vereadores que vão elaborar as leis necessárias para melhorar a vida dos manauaras. Se a escolha for feita com base nas convicções de cada eleitor, independentemente do tempo que o candidato teve na propaganda ou da posição que ocupa nas pesquisas de intenção de voto, será um grande passo rumo ao amadurecimento da nossa democracia e melhoramento da qualidade da classe política.