Publicidade
Editorial

De frente com a realidade

29/08/2016 às 20:16
Show show 6f3a6602

A Rede Calderaro de Comunicação (RCC) deu início, ontem, a uma série de reportagens que colocará os nove candidatos a Prefeito de Manaus de “frente com a realidade” e sentindo na pele como os problemas da cidade afetam diretamente o cidadão manauense. É  um trabalho jornalístico que envolve todos os veículos da rede, a começar pelo programa “Alô Amazonas”, ao meio dia, repetindo a dose no jornalístico A CRÍTICA na TV, no final da tarde, e com ampla repercussão on line no portal acritica.com. Por fim, terá seus  desdobramentos e repercussões publicados hoje no jornal  A CRÍTICA e no aplicativo A CRÍTICA Digital.

Como se costuma dizer, é  um trabalho de fôlego para multiplataformas jornalísticas de tal  maneira que nenhum eleitor ou eleitora  ficará sem ter acesso a esse conteúdo, que debaterá nove temas problemáticos na vida da cidade ao tempo em que o candidato da vez - escolhido por sorteio para vivenciar aquela realidade - possa explanar suas ideias e planos para minorar ou acabar de vez com a problemática em questão.

Neste sentido o primeiro tema abordado tem tudo a ver com o atual momento pelo qual passa o principal motor da economia local, o modelo Zona Franca. O candidato da vez teve que sentir na pele o que é acordar cedo, pegar um ônibus lotado e desconfortável e ao final tentar um emprego nos bancos do Sistema Nacional de Emprego (Sine) bem ao lado daqueles que não fazem isso por opção, mas pela mais pura necessidade.

O desemprego em nossa cidade é uma realidade que pode sim ser minorado por quem assumir a cadeira de prefeito em 1º de janeiro. Depende do alcaíde a busca incessante por oportunidades que possam ser aproveitadas por um público que tem muito a oferecer, seja na iniciativa privada ou na pública.

Neste sentido, outros oito temas estarão na pauta da série, que hoje tratará da importância das creches para o desenvolvimento educacional da criança e segurança dos pais que vão ao trabalho e não têm com quem deixar a prole.

Dessa maneira, a Rede Calderaro entende que está ajudando a esclarecer o eleitor possibilitando que ele possa fazer o cotejo entre os candidatos e assim fazer uma escolha qualitativa sobre quem ele pretende entregar as chaves do município.