Publicidade
Sim & Não

Debandada de filiados do PMDB

17/09/2017 às 21:39
Show capturar

O racha no PMDB do Amazonas durante a eleição suplementar para o governo, somado ao tratamento dado pelo senador Eduardo Braga, presidente do partido no Estado, aos filiados da legenda com e sem mandato, pode gerar uma debandada em série na sigla. O vereador Marcel Alexandre, expoente do partido na Câmara Municipal de Manaus (CMM), está entre os que avaliam deixar a legenda. Gedeão Amorim recebeu ofertas para trocar de legenda e não descartou nenhuma. 

Tentação Marcel Alexandre, que já foi titular da SMTU, mantém excelente relacionamento com o prefeito Arthur Neto  e o vice, Marcos Rotta, ambos do PSDB. O vereador é cortejado para reforçar o time tucano. 

Cálculo Já Gedeão Amorim, que analisa ofertas de filiação, estuda tecnicamente o assunto por um motivo: pode assumir uma vaga na Câmara Federal, pelo PMDB, caso o deputado federal Sabino Castelo Branco, que sofreu um AVC, entre de licença.

Definições Afastado de Braga, o deputado estadual Wanderley Dallas pode migrar para uma legenda onde consiga ter poder de mando. Vicente Lopes já disse que, se depender dele, segue na sigla, mas não esconde o descontentamento. Alessandra Campelo afirma: “Não penso em mudar de partido”. 

Encanto O jornalista e marqueteiro Marcos Martinelli  hipnotizou Amazonino Mendes. Após o resultado da campanha vitoriosa conduzida por ele, Amazonino passou a tê-lo em altíssima conta para conselhos e orientações, mesmo no pós-eleição. Ambos estiveram juntos em São Paulo, na semana passada.

Mágico Martinelli não conquistou apenas a confiança de Amazonino em sua última passagem pelo Amazonas. O marqueteiro é elogioado por todos os profissionais que atuaram com ele na campanha, não só pelas sacadas, mas especialmente pelo trato com a equipe. 

Susto Em nota divulgada no fim de semana, a direção do TRT/11 revela ter sido pega de surpresa com a operação “Porta dos Fundos”, da PF, que investiga fraude no último concurso do órgão. O tribunal informa que colaborava com outra investigação, a “Operação Gabarito”, que já investigava a fraude e, na verdade, ensejou a ação da Polícia Federal. 

Mudança O promotor de Justiça Edílson Queiroz Martins assumiu função na 32ª Zona Eleitoral de Manaus, em substituição a Lucíola Valois. Ele fica no cargo pelos próximos dois anos e estará entre os promotores que atuarão na eleição do ano que vem. 

Resposta Sobre nota publicada pela coluna no último sábado, a direção da FCecon negou haver falta de material para a realização de procedimentos de conização na unidade. A direção se comprometeu, entretanto, a checar a origem da reclamação e se colocou à disposição para qualquer esclarecimento que se faça necessário.  

Iniciativa A direção da FCecon destacou, ainda, que mesmo sendo uma unidade de alta complexidade, especializada exclusivamente no tratamento do câncer, incorporou a conização (um procedimento preventivo) à lista de atendimentos ambulatoriais, mesmo não sendo sua competência, em função da baixa oferta na rede.