Publicidade
Pinga Fogo

Deputados têm noite histórica em análise do primeiro decreto de intervenção desde 88

19/02/2018 às 00:41 - Atualizado em 19/02/2018 às 00:44
Show congresso

Deputados federais se reúnem a partir das 19h de hoje em uma sessão histórica: a análise do primeiro decreto de intervenção na vigência da Constituição de 1988. A ordem de intervenção federal no Rio de Janeiro, assinada pelo presidente Michel Temer, é o único item da pauta.  Para o decreto ser aprovado, basta a anuência da maioria dos presentes na votação, que deve ser iniciada apenas se houver presença de no mínimo 257 deputados. No dia seguinte, a matéria segue para apreciação do Senado.

Alerta

Considerada uma das principais estudiosas da violência no Rio, a professora Alba Zaluar diz que um dos efeitos colaterais previsíveis da intervenção federal será o fortalecimento do PCC, como reflexo do “estrangulamento do Comando Vermelho”.

Embalo

O senador Omar Aziz (PSD) voltou a defender o uso das forças armadas para combater o tráfico de drogas e armas nas fronteiras do Brasil. Omar cobra maior rigor da União nessa fiscalização: “Hoje só combatemos os efeitos, mas precisamos combater o mais importante, a causa”.

Quem deixou?

Aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, projeto de lei (PL) que exige consentimento prévio dos internautas para  inclusão em grupos, páginas e comunidades virtuais aguarda agora indicação de relator. A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) é autora do PL.

Aval

O PT liberou sua base local para compor alianças nas eleições deste ano apenas nos Estados em que está no poder. Onde o PT não governa, caso do Amazonas, os acordos feitos localmente deverão passar pelo crivo da direção nacional.

Vai longe

O Supremo Tribunal Federal já recebeu 18 ações de inconstitucionalidade contra a reforma trabalhista, em vigor desde novembro passado. Treze processos pedem a volta da obrigatoriedade do imposto sindical. E dois questionam o trabalho intermitente.

Endêmica

Três casos suspeitos de febre amarela no Amazonas continuam sob investigação segundo o último boletim do Ministério da Saúde. De julho de 2017 a 16 de fevereiro deste ano, foram feitas apenas cinco notificações no Estado, duas já descartadas.

Madeira

Todos os contêineres de madeira que transitarem pelos portos de Manaus devem ser fiscalizados, segundo recomendação do Ministério Público Federal à Polícia Federal e ao Ibama, feita no fim do mês passado.

Madeira 2

Em dezembro de 2017, a Operação Arquimedes apreendeu centenas de contêineres com carga de madeira ilegal em dois portos da capital do Amazonas.

Turismo

O Festival de Parintins será a “estrela” da participação do Amazonas no “Shopping Viagens”, evento que acontece durante todo o mês de abril no shopping Eldorado, em São Paulo.

Carreira

A SMTU prorrogou por 60 dias o prazo final para apresentação da minuta de um Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações na pasta. A comissão especial que cuida do texto foi criada ano passado.

Dá nó!

O “nó” que se forma no entorno do Colégio Adalberto Valle, na Morada do Sol, levou os órgãos municipal e estadual de trânsito a escolherem esse endereço, no Aleixo, para o lançamento de suas campanhas educativas de volta às aulas. O alvo são pais de alunos.