Publicidade
Sim & Não

Dr. Gomes perto de ser vice-líder na ALE

11/08/2016 às 09:57 - Atualizado em 11/08/2016 às 09:58
Show gomes

O deputado estadual Dr. Gomes (PSD), flagrado prestando consulta médica em gabinete da ALE-AM e pedindo voto de pacientes, pode ser o novo vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, depois da renúncia ao posto do deputado estadual Bosco Saraiva, do PSDB. Além de Gomes, visto como favorito pelos colegas, a base de José Melo (Pros) na Casa avaliava ontem também os nomes dos deputados Belarmino Lins (Pros) e Dermilson Chagas (PEN).

Efeito

Bosco Saraiva deixou a base de Melo depois do rompimento entre o prefeito Artur Neto (PSDB) e o governador, semana passada.

Desejo oculto

Em visita ao A CRÍTICA, ontem, o prefeito afirmou que há tempos Bosco Saraiva desejava se afastar da base do governo na ALE-AM.

Outro rumo Vereadores do Pros na CMM receberam sinal verde para aderirem à campanha do vice-governador Henrique Oliveira (SD). A ordem de comando ainda é de bastidor, mas é indicativo de que o apoio do governador José Melo (Pros) não vai para a chapa de Marcelo Ramos (PR) e Josué Neto (PSD).

No ar

O governador já havia antecipado que, apesar da presença de membros do Pros na convenção que selou a aliança do PR-PSD, ele ainda não tinha dado o comando para apoiar Marcelo.Espectador À coluna, Henrique Oliveira negou a informação. Mas comentou que no momento, “toda companhia é bem vinda”.

Outra função

O subsecretário de Comunicação do município, jornalista Mário Adolfo Filho, foi exonerado do cargo para trabalhar na coordenação dos profissionais de comunicação que vão atuar na campanha de Artur Neto.

Mesma língua

A aliança entre Artur e Eduardo Braga (PMDB) também foi levada para a equipe de comunicação de campanha do tucano. O grupo tem a participação de jornalistas da equipe do prefeito e do peemedebista.

Bom pra todos

O TJ-AM comemorou como “vitória para a magistratura brasileira” a aprovação do PLC 257 sem os artigos que impediam os Estados de conceder reajustes salariais e de contratar servidores por dois anos.

Alívio

O presidente do TJ-AM, Flávio Pascarelli, fez campanha em Brasília pelas mudanças que acabaram sendo feitas. O magistrado previa dias difíceis para o Judiciário amazonense, principalmente com relação à folha de pagamento, se a matéria fosse votada no formato original.

Terceirizados

A versão do PLC 257 alterada pelos parlamentares na terça-feira, 9, deixou de mandar contabilizar como despesa com pessoal os gastos com terceirizados, medida que fecharia a brecha por meio da qual muitos Estados contratam servidores sem contrariar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Com a palavra

O ex-governador Amazonino Mendes (PDT) será um dos palestrantes do curso de Direito Eleitoral, que será realizado pela Escola da Magistratura entre os dias 15 e 20 deste mês. Participam também do evento o ministro Henrique Neves (TSE), o procurador regional eleitoral Victor Riccely, a juíza federal Jaiza Fraxe e o presidente da OAB-AM, Marco Aurélio Choy.