Publicidade
Editorial

Eleitorado, uma etapa concluída

05/05/2016 às 21:17
Show img0017384209

Os números apresentados nesta quinta-feira (5) pela presidenta do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), desembargadora Socorro Guedes, mostram o bom resultado das mobilizações feitas para recadastrar eleitores e avançar na modernização do sistema com o voto biométrico. O índice de recadastramento alcançou no Estado 72% e, mais, na capital, o eleitorado aumentou em 13 mil pessoas.
O agendamento eletrônico foi utilizado por 1 milhão e 200 mil eleitores o que  mostra o êxito do TRE-AM nesse trabalho. Um grupo de 900 pessoas atuou desde novembro de 2014 até o dia 4 último para que os eleitores pudessem fazer o novo cadastro ou se cadastrarem pela primeira vez.

Essa é uma etapa importante no processo que terá como ápice o dia da eleições em outubro. A maioria dos eleitores aptos a exercer esse direito. Para o TRE inicia-se uma nova frente de atividades dentro do calendário eleitoral que é a organização direta das eleições municipais e do controle efetivo dos personagens envolvidos a fim de que as regras de participação sejam respeitadas e o eleitorado se sinta animado não apenas a votar, mas também fiscalizar ampliando a rede de combate a condutas ilegais sejam dos candidatos legitimados pelas convenções partidárias, sejam dos dirigentes partidários e dos filiados e/ou dos que prestam serviços aos candidatos.

Para os eleitores há a responsabilidade de tomar decisão. Algumas organizações e instituições, como o Movimento pelo Combate à Corrupção Eleitoral  (MCCE), os comitês pela Ética na Política, em torno dos quais atuam dezenas de entidades em nível nacional, estadual e municipal, são parte de uma rede que  há anos busca oferecer ao eleitorado subsídios que ajudem-no a participar desse ritual com maior clareza e consciência. A decisão pelo voto não acontece, na maioria das vezes, naquele segundo diante da urna eletrônica, e sim anteriormente por critérios objetivos e subjetivos.

Nas eleições municipais, pensar a cidade, como ela se encontra, como estava e como deveria ser a partir de um conjunto de serviços básicos e de iniciativas que a torne cultural e socialmente melhor é um roteiro importante para avaliar a conduta de prefeito e de vereadores. São nesses dois campos, Executivo e Legislativo, que as decisões a favor ou contrária à cidade se viabilizam. O olhar crítico do eleitor pode fazer uma importante diferença.