Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019
Pinga Fogo

Estado já possui força para exportar cultura erudita


FESTIVAL_528DE1BF-9936-4EC7-A5DD-0C64C98DCAAE.jpeg
09/11/2019 às 21:52

#  Após 22 edições do Festival Amazonas de Ópera (FAO), o Estado já possui expertise suficiente para exportar produções locais. E foi exatamente isso que aconteceu com a produção da Ópera “Fausto”, de Charles Gounod.

#  A produção, apresentada no 21º FAO em 2018, terá uma temporada de apresentações no Teatro Municipal de Santiago, no Chile, a partir de hoje (09/11). 

#  Os cenários e figurinos, confeccionados na Central Técnica de Produção (CTP) da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, foram alugados para a montagem chilena. André Heller-Lopes, que assinou a direção cênica em Manaus, dirige também em Santiago.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.