Domingo, 28 de Fevereiro de 2021
Sim e Não

Ex-ministros fazem pedido de socorro


brasil-marina-silva-20190508-003-copy_043EA7A7-33DF-47FE-BA92-9F70D152CDFB.jpg
27/01/2021 às 06:51

Noves ex-ministros do Meio Ambiente do Brasil, incluindo Marina Silva, enviaram carta ao presidente da França, Emmanuel Macron, à primeira ministra da Alemanha, Angela Merkel, e à primeira ministra da Noruega, Erna Solberg, pedindo socorro para as populações mais frágeis e vulneráveis que vivem na  Amazônia e que que estão sofrendo com a crise sanitária sem precedentes na região. No texto, eles dizem que  nem o governo federal nem os governos locais possuem meios indispensáveis para socorrer as populações.

Dupla calamidade - No texto, os ex-ministros ressaltam que a Amazônia está sendo devastada “por dupla calamidade pública, ambiental e de saúde”. “Incêndios criminosos, em larga escala, durante o período de estiagem, agravaram enormemente os problemas respiratórios causados pela pandemia da Covid-19, contribuindo para a elevada taxa de óbitos na Amazônia”.

Guardiões - Os ex-ministros afirmam que grande parte dessas populações que estão sendo dizimadas pela pandemia “são justamente as detentoras de valiosos conhecimentos tradicionais associados aos recursos naturais”. “Esses grupos são também os principais guardiões da floresta”.

Líderes - Os vereadores Marcelo Serafim (PSB) e Éverton Assis (PSL) foram anunciados ontem como, respectivamente, líder e vice-líder do prefeito David Almeida na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

“Acertada” -  O anúncio foi feito na abertura da sessão extraordinária para aprovar o “Auxílio Manauara”, benefício de R$ 200 que deve ser concedido a 40 mil famílias da capital amazonense a partir do mês de fevereiro. O vereador Diego Afonso, do PSL, usou da palavra na abertura da sessão para parabenizar o prefeito David Almeida pelas “escolhas acertadas”.

Plano remoto - A deputada professora Therezinha Ruiz (PSDB) apresentou requerimentos, com indicativos de urgência, ao secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino e ao secretário estadual de Educação, Luis Fabian, solicitando o plano e o cronograma de volta às aulas remotas, para os alunos da rede pública, tendo em vista que as atividades continuam paralisadas nas escolas, em função da pandemia de Covid-19.

Doação - A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) doou, ao Governo do Estado do Amazonas, 38 concentradores de oxigênio  que chegaram na madrugada de ontem em um avião da Força Aérea Brasileira. Os equipamentos serão distribuídos entre capital e interior.

Desconto... - O Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon) da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) ingressou com pedido de extensão dos efeitos de uma liminar concedida no ano passado, que assegura redução de 20% nas mensalidades escolares, a contar da 2ª parcela do ano letivo de 2021, enquanto durar a pandemia de Covid-19, considerando não ser prudente a realização de aulas presenciais.

... em mensalidades -  O pedido foi feito dentro da ação civil pública movida em conjunto pela DPE-AM, Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC/ALEAM) e Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), em face do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (SINEPE-AM) e de instituições de ensino de nível infantil, fundamental e médio de Manaus.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.