Publicidade
Sim & Não

Ezo está inadimplente no mercado

15/07/2018 às 20:45 - Atualizado em 16/07/2018 às 00:12
Show ezo fraudes

De acordo com relatório confidencial da Serasa Experian sobre classificação de risco de crédito, a Ezo - empresa que requer o pagamento de R$ 5 bilhões por contrato firmado na gestão de David Almeida - é classificada como D2, o que significa que já está inadimplente no mercado, com dívidas vencidas há mais de 90 dias. O alto risco de calote torna o porte da empresa incompatível com a notoriedade exigida para dispensa de licitação de valores potenciais de bilhões.

Calote   De acordo com a Serasa Experian, a chance do dono da empresa Ezo pagar seus compromissos financeiros nos próximos 12 meses é de apenas 4,03%. A da outra sócia, Estefany Ciccarini, é de 7,55%. 

Reajustes Com a aprovação da LDO de 2019 incluindo emenda que garante os reajustes do funcionalismo, as categorias profissionais já se organizam para negociar os índices de reposição. Os professores devem pedir reajuste de 13,5%.
 
Inflação  O presidente do Sindicato dos Professores e Pedagogos (Asprom/Sindical), Lambert Melo, diz que a categoria deve reivindicar um resíduo de anos anteriores de 1,5%, mais a inflação de 2% prevista para 2019, e 10% de aumento real. “Mas essas coisas só serão decididas no início do ano que vem”, afirma.

Disputa desigual  Alguns candidatos a deputado estadual, deputado federal e até ao Senado, hoje sem mandatos, reclamam que os adversários com mandatos podem utilizar os sites oficiais para se promover com uso de recursos públicos. 

Justiça Eleitoral  A Justiça Eleitoral recomendou ao Poder Executivo, no caso, o governo do Amazonas, tirar do ar todos os seus sites. Por outro lado, deixou livres para fazer propaganda os portais da Assembleia, da Câmara Municipal e de outros órgãos públicos que têm pré-candidatos declarados.

Saúde Pública  Algumas importantes campanhas de utilidade pública do governo do Amazonas, como as de combate ao sarampo e à malária, estão aguardando autorização da Justiça Eleitoral para serem veiculadas, bem como para impressão e distribuição de material informativo.

Epidemia   A epidemia de sarampo levou a Prefeitura de Manaus a decretar estado de emergência na cidade. Já houve uma morte confirmada. Com relação à malária, no ano passado foram 81 mil casos, 65% a mais que no ano anterior, principalmente nos municípios do Alto Rio Negro.

Turismo indígena  Está em elaboração o regulamento que vai ordenar o turismo em comunidades indígenas na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé. O documento está sendo discutido no âmbito do Conselho Deliberativo que integra a Câmara Técnica de Turismo da RDS.

Regras  A resolução deverá conter as regras de receptivo turístico a serem seguidas pelos grupos indígenas que existem na reserva, como os Tatuio e os Dessana, que encenam rituais para entretenimento de visitantes.

Feira do escambo   A partir de 5 de agosto, a Centro Cultural Povos da Amazônia, na Bola da Suframa vai sediar a “Feira do Escambo”, que vai funcionar aos domingos com compra, venda e troca de produtos.