Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020
Editorial

Falta de compromisso na ALE-AM


ale-am_3B8B17DA-9418-4B3D-B520-4E8396BF0BAB.jpg
13/12/2019 às 09:22

Pelo segundo dia consecutivo, não houve votação na Assembleia Legislativa do Estado por um motivo absurdo: falta de quórum mínimo no plenário. Simplesmente não havia deputados em número suficiente para realizar a votação, sendo que este é o papel fundamental dos parlamentares: propor, discutir e aprovar leis relevantes para o povo do Estado do Amazonas. O Parlamento é um dos pontos centrais da democracia, é onde se reúnem os escolhidos pelo povo para debater soluções e alternativas que atendam os anseios da população.

Não é o que se tem visto na Assembleia Legislativa nos últimos dias, com muitos deputados estaduais dando demonstração de total falta de compromisso com a coisa pública, desonrando os votos recebidos e fazendo pouco caso da missão que lhes foi conferida através das urnas.

Em uma democracia mais madura, os parlamentares absentistas seriam duramente cobrados pela ausência em plenário, considerando a natureza de suas funções e também o fato de serem pagos - e muito bem pagos pelos contribuintes - para desenvolver tais funções de maneira responsável e exemplar. Ainda que o parlamentar não seja um grande orador, ou tenha dificuldades para articular as próprias ideias, o mínimo que se espera é que ele esteja presente e que participe do processo democrático com seu voto nas sessões de votação no Parlamento do Estado.

Nenhum deputado pode deixar de desempenhar sua missão sagrada, para a qual foi eleito pelos cidadãos, por qualquer motivo que seja. Discordar do presidente da Casa ou de quaisquer membros da mesa diretora não é motivo razoável para ausentar-se, deliberadamente, da sessão de votação. Se há alguma discordância, algum aspecto obscuro que precise ser posto em pratos limpos, o Parlamento é um espaço exatamente para isso. Que se exponham os problemas, que se discutam os diferentes pontos de vista e que se encontre o consenso. O que não se pode admitir é essa situação infantil que tem se observado na Assembleia. Com tantos problemas no Estado aguardando abordagens adequadas, cabe aos deputados estaduais transformar cada minuto na Casa do Povo em um momento produtivo, no sentido de atacar as dificuldades que afligem o povo do Amazonas, sem jamais fugir às suas obrigações.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.