Publicidade
Sim & Não

Fator ‘Betinha’ compromete até diplomacia

27/06/2018 às 19:49 - Atualizado em 27/06/2018 às 20:07
Show artur

O prefeito Arthur Virgílio Neto fez Manaus passar por um vexame internacional ontem. Ele se recusou a recepcionar o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, por causa das exigências do protocolo americano que, segundo o prefeito, não permitiria a presença da primeira-dama Elisabeth Valeiko - e o faria aguardar Pence por 2h. Não é de hoje que o “fator Betinha” define os rumos da política administrativa municipal e, neste caso, até da relação da capital com o País mais influente do mundo.

Diplomata Em um texto grosseiro, via Twitter, Arthur disse que Pence deveria voltar para casa e comparou o cuidado da Prefeitura de Manaus com os venezuelanos ao tratamento dado aos mexicanos pelos EUA.

Só agora? A queixa de Arthur só foi publicada por ele após a chegada de Pence a Manaus, ontem à tarde. Antes disso, e do suposto veto à primeira-dama, não se tem notícias de críticas do prefeito à política migratória dos EUA. Apuração feita por A CRÍTICA assegura que não houve veto do País americano à presença de “Betinha”.

Sucupira Nos bastidores, Betinha também já ganhou destaque por outros motivos: demissão de secretários e pagamentos a fornecedores.

Gasolina O deputado Dermilson Chafas (PP), líder da base governista na Assembleia, decidiu incendiar de vez a rixa com a oposição. Ele definiu como “piada” a ação movida pela Mesa Diretora da Casa que pede na Justiça a liberação das emendas impositivas.

Lenha Além disso, Dermilson  rememorou a parceria entre o presidente da ALE/AM , David Almeida, e o então governador José Melo, preso na Maus Caminhos. “Por que o David não jogou o Melo na Justiça?”, atiçou.  Ele adiantou que o judiciário vai arquivar o pedido da Mesa Diretora contra o governo.

Desprezo David Almeida rebateu a fala do líder de Amazonino Mendes dizendo que ele “não respeita sequer os próprios eleitores”. “Ele se anula para puxar o saco do chefe. O que se pode esperar de um cidadão desse?”, retrucou.

Justificativa David também disse que 2018 é o primeiro ano em que as emendas impositivas passaram a constar na LDO e sustentou que a ação da Mesa Diretora na Justiça se dá “em defesa da instituição Assembleia”.

Alívio 1 Enquanto os deputados se engalfinham, membros da Câmara Municipal de Manaus curtem o recesso parlamentar. Vereadores se dizem “aliviados” com o intervalo, em virtude da tensão pré-eleitoral.

Alívio 2 As indefinições dos acordos eleitorais para 2018 vinham deixando vereadores sem saber para que lado pender nos discursos. “Todo mundo dando uma de ‘Garoto Sundown’. Ninguém quer se queimar à toa”, comentou um membro experiente da Casa. 

Investimento O Ministério da Saúde publicou o extrato da contratação da empresa Solux Construções para a retomada da expansão do Serviço de Radioterapia da Fundação Cecon. A obra está orçada em  R$ 1,47 milhão.

Ampliação Segundo a diretora-presidente da FCecon, Ana Paula Lemes, o novo espaço  aumentará a capacidade de atendimento no setor em 50%. A obra deve ser iniciada em agosto, com a visita técnica de membros do MS programada para o próximo mês.