Sábado, 06 de Junho de 2020
Sim & Não

História se repete oito anos depois


pablo_5DD2A2A6-CFC3-483D-9D0A-8C3394BD9CE3.jpg
16/05/2020 às 08:25

Há exatamente oito anos ontem, no dia 15 de maio de 2012, a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Udyat, cumprindo mandados judiciais em dois estados, incluindo o Amazonas. Quatro dos mandados de prisão eram em desfavor de servidores da própria PF. Ontem (15), oito anos depois, a história se repetiu com a operação Seronato, da qual o delegado licenciado da PF e deputado federal Pablo Oliva (PSL) foi um dos alvos. Mais uma vez a PF teve como alvo um membro da corporação. 

Ataque  Nas redes sociais, às quais Pablo Oliva recorreu para se defender, o deputado foi muito atacado, com o principal argumento de que se elegeu na onda bolsonarista de combate à corrupção e agora é acusado justamente do que ele sempre condenou e seus discursos para arregimentar votos.

Defesa Em sua defesa, o deputado atacou a instituição da qual faz parte: chamou a operação da PF de infundada, mentirosa e improcedente. Pablo é suspeito de falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e corrupção passiva. 

Mãe Também alvo da operação Seronato, a mãe de Pablo, Eda Oliva, foi exonerada há exatamente uma semana do cargo de diretora-presidente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Estado do Amazonas (Idam).

Avaliação O Sindicato dos Trabalhadores da Justiça do Estado do Amazonas (Sintjam) disponibilizou ontem (15), de 8h às 11h, no Fórum Cível Desembargadora Euza Maria Naice de Vasconcelos, duas unidades móveis de atendimento médico para avaliar a saúde dos oficiais de justiça plantonistas, que atuam entregando mandados em todas as zonas da cidade .

Prevenção O juiz Luís Cláudio Cabral Chaves, titular da Vara de Execução de Medidas Socioeducativas (VEMES), recomendou formalmente ontem (15) que o Governo do Estado adote uma série de medidas no âmbito dos Centros Socioeducativos da capital, para evitar o aumento do número de casos de infectados pelo novo coronavírus entre internos em cumprimento de medida socioeducativa.

Lancheiros O deputado Adjuto Afonso (PDT)  compartilhou no plenário virtual da ALE–AM preocupação dos associados da Cooperativa dos Profissionais de Transporte Fluvial da Marina do David, por conta de uma determinação, que autoriza o transporte apenas de 40% de passageiros, o que torna inviável a atividade para os canoeiros.

Arsepam O parlamentar se comprometeu em intermediar a situação junto à Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam).

Coari A Unidade Prisional de Coari registrou o primeiro caso confirmado de um detento com Covid-19. O interno foi isolado dos demais e está sendo acompanhado por profissionais de saúde.

Mutirão O Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) arrecadou 30 toneladas de alimentos, que estão sendo doados a comunidades carentes e instruções filantrópicas. A arrecadação foi feita por meio de um mutirão, que contou com a participação de outras 33 secretarias e órgãos do governo.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.