Publicidade
Sim & Não

Intervenção branca no PDT/AM

20/07/2018 às 23:20
Show amazonino

A Executiva Nacional do PDT descredenciou o presidente estadual da sigla, deputado federal Hissa Abrahão, a definir alianças e a participação do partido na Eleição 2018 no Amazonas. Marcada para o dia 29 de julho, a convenção que vai oficializar o governador Amazonino Mendes como candidato à reeleição será comandada pelo presidente nacional do PDT, Carlos Luppi. Após perder a queda-de-braço com Amazonino, Hissa ainda deve sofrer outro revés. A legenda já estuda apoiar outro nome para a Câmara Federal.

Interferência 1  “Não vamos brincar nem deixar nosso partido tomar decisões estapafúrdias”, disparou o vice-presidente estadual da legenda, Stones  Machado. “A direção nacional do PDT avocou para si a responsabilidade pelo pleito do Amazonas”, afirmou.

Interferência 2   O partido já publicou o edital da convenção que, entre os pontos, diz que o encontro vai “decidir e deliberar sobre todo e qualquer assunto de interesse do partido”. O local e o horário do evento já estão marcados: ocorrerá no Dulcila, das 9h às 15h do dia 29 de julho.

Debutante   A ida de Amazonino a Brasília, ontem, resultou na estreia do novo presidente do TJ/AM, Yêdo Simões, como governador interino. O vice-governador Bosco Saraiva (SD) não pode assumir a função nas ausências do titular porque vai concorrer a uma vaga na Câmara Federal.

Contra-ataque  A base de apoio ao governo do Estado na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE/AM) já tem um antídoto para frear a instalação da “CPI das Licitações”. Vai apresentar um pedido para que todos os gastos do governo interino de David Almeida (PSB) sejam investigados.

Bomba  Comandada por David Almeida, a oposição trabalha para suspender o recesso parlamentar e convocar o plenário de forma extraordinária, na semana que vem, para aprovar a “CPI das Licitações”. A Procuradoria-Geral da Casa já foi acionada para esse fim.

Selo   A esquerda não perdeu nenhum minuto. Após a manifestação de apoio do “Centrão” ao presidenciável tucano Geraldo Alckmin, os rivais do partido passaram a dizer que o ex-governador de SP “é o candidato do Temer”. O acordo foi articulado pelo  presidente da República.

Cutucada “Alckmin será o candidato governista”, aproveitou a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB). Em tom de ironia, a parlamentar disse que, agora, “só falta combinar com os russos, ou seja, o eleitorado”.

Moderninhos  A Central de Medicamentos do Amazonas (Cema) criou um aplicativo sob medida, único no Brasil, que permite acompanhar, em tempo real, desde a situação dos estoques, processos de compras e pagamentos, até a entrega do produto aos pacientes cadastrados. O “APP CEMA 2018” foi desenvolvido internamente e aponta dados  importantes para a gestão.

Operação  O secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, explica que, pelo sistema, os fornecedores podem acompanhar o processo de tramitação do pagamento, de forma transparente. E a Cema pode acompanhar todos os passos do fornecimento, fazendo cobranças de imediato em caso de atrasos. O sistema também programa a entrega  e faz avisos via SMS ao usuário  cadastrado.