Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019
Sim & Não

Investimento para 2020 em stand by


polo_industrial_EEE8B1BB-00E2-437E-94AD-8D3EDDA2A16F.jpg
13/09/2019 às 07:55

Grandes indústrias instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) estão colocando em stand by os planos de crescimento e investimento que tinham programado para 2020. A instabilidade do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM), que vem sofrendo ataques sistemáticos do Governo Federal, é a razão. Algumas indústrias tinham planos de investimento pesado, mas já vislumbram até a possibilidade de encerrar suas atividades no PIM, dado o cenário atual.

Pro exterior O pior é que, na avaliação de executivos dessas indústrias, caso os incentivos da ZFM não sejam garantidos, as empresas não migrariam para outras regiões do Brasil. Na ponta do lápis, fica mais interessante atender o mercado brasileiro produzindo no exterior.

Nocivo Para o presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco, o problema tem sido criado pelas declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, que Périco classifica como nocivas ao País.

Ataques O presidente do Cieam afirma que Paulo Guedes não ataca apenas investimentos, ataca a criação de empregos no Brasil. “Vamos continuar consumindo os mesmos produtos, que serão exportados para o Brasil, gerando empregos em outros países”, opina.

De novo Quem procurou a Defensoria Pública do Estado (DPE-AM), ontem, em Manacapuru para ingressar com ações de indenização por causa do apagão de julho ficou no escuro. O PAC do município, onde a DPE-AM atende das 8h às 17h, ficou sem energia elétrica por cerca de uma hora, durante a tarde.

Represália Assistidos da Defensoria comentaram com a equipe que a falta de luz no PAC seria uma represália da Amazonas Energia. O valor mínimo dos pedidos de indenização contra a empresa é de R$ 10 mil. A ação da DPE-AM em Manacapuru termina amanhã.

Elas por ela A deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB) foi uma das participantes do 1º Simpósio “Elas na Política”, promovido pela Comissão da Mulher Advogada da OAB-AM. Falou de suas bandeiras de luta e também das dificuldades que as mulheres enfrentam para ingressar na política.

FesPIM Numa parceria entre a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e o Instituto Piatam, será realizada este ano a primeira Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus (fesPIM). O objetivo é mostrar o potencial sustentável do Polo Industrial de Manaus na geração de emprego e renda e os impactos dessas atividades para a preservação da floresta.

Cooperação A atuação conjunta entre a Secretaria de Estado da Produção Rural Sustentável (Sepror) e a Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) viabilizou a ampliação da atuação do grupo empresarial Amaggi no Amazonas. O grupo anunciou esta semana a comercialização de  produtos e subprodutos da soja e do milho no Estado.

Alavanca Com a decisão do grupo Amaggi, a perspectiva é reduzir custos nas criações locais de aves, peixes, bovinos, ovinos, caprinos e suínos. Uma alavanca para o agronegócio no Amazonas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.