Publicidade
Sim & Não

Líder declara guerra contra ‘braguistas’

26/04/2016 às 22:54
Show img0017277523

Irritado com a munição utilizada pela oposição nos últimos dias para atacar o Governo de José Melo (Pros), o líder David Almeida (PSD) prometeu nesta terça-feira (26), na tribuna, que vai revidar, a partir desta quarta-feira (27), com o mesmo calibre. Mirando aliados do senador Eduardo Braga (PMDB), mas sem citar nomes, Almeida afirmou que a operação Lava Jato e seus envolvidos passarão a ser matéria de seus discursos na ALE-AM. Braga tem sido citado por delatores na investigação, segundo a imprensa nacional.

Duas medidas   

No discurso, David afirmou que escândalo foi o totem em homenagem à ponte rio Negro, construído por Braga, que custou mais que uma escola. Enquanto isso, os colegas opositores ocupam-se em levar  à Casa “denúncias mentirosas” contra o Governo Melo.

Gatilho   

O que irritou David foi um vídeo exibido pela deputada Alessandra Campelo (PMDB), no pequeno expediente, em que um policial militar exibe comida estragada que supostamente teria sido servida à corporação. A PM nega a ocorrência.

Confissão  

Em uma sessão de afagos ao senador José Agripino (DEM), acusado da corrupção e lavagem de dinheiro da obra do estádio Arena das Dunas, em Natal, o senador Omar Aziz (PSD) disse, nesta terça-feira, se arrepender de ter construído a Arena da Amazônia. “Não teve custo benefício nenhum”, afirmou.

Veja bem   

Em resposta à nota publicada na coluna, a Polícia Civil informou que a 67ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município de Ipixuna passa por um momento de transição no cargo de delegado titular. O então titular, Everty Sandro, foi remanejado e será substituído por Mário Melo.

Cobrança   

Enquanto Mário não assume, quem responde temporariamente o DIP é o delegado Carlos Sena. Provocada pelo MP-AM, a Justiça determinou que o Estado designe imediatamente um delegado para o município.

Bedel 1  

O deputado estadual Platiny Soares enviou um pedido ao Dnit para ter acesso aos contratos que o órgão mantém com as empresas responsáveis pelas obras de manutenção da BR-319. O político diz que fará um “pente fino” nos documentos.

Bedel 2 

“Sabemos que dentro do poder público as maiores incidências de corrupção estão dentro de contratos realizados em torno de grandes volumes e verbas públicas”, justificou Platiny.

Desacordo  

Matéria do TJ-AM que prevê a redução de auxílios pagos a juiz no interior do Estado já tem um voto contrário na ALE-AM, o do deputado estadual Luiz Castro (Rede). Castro diz que o projeto é injusto com os magistrados, que têm gastos com logística maiores do que os que trabalham em Manaus.

Faz coro  

A matéria que reduz o benefício pago aos juízes por acúmulo de comarca tramita na Casa há três dias. A Associação dos Magistrados (Amazon) também é contra reduzir o valor, que hoje é de R$ 8 mil.

Corrupção 

O Ministério Público Estadual (MP-AM) iniciou, ontem, um curso de combate à lavagem de dinheiro e à corrupção. A programação prevê a participação de nove especialistas na área, renomados nacionalmente sobre o assunto.