Publicidade
Pinga Fogo

Luiz Castro discorda que seja exclusivo do Executivo definir cotas em universidades

17/09/2016 às 15:17 - Atualizado em 17/09/2016 às 15:18
Show 1129763

O deputado estadual Luiz Castro (Rede) diz que discorda que seja exclusividade dos governantes definir cotas de acesso a universidades. No entanto, afirma que o mais importante é garantir o direito das pessoas com deficiência.

Castro teve uma matéria que definia cota para deficientes na Universidade do Estado do Amazonas (UEA) vetada por vício de iniciativa. Depois, o Executivo informou que vai enviar uma mensagem com o mesmo objeto para a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM).

Sala inaugurada pela Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM) na sede da Polícia Federal recebeu o nome do advogado Fued Cavalcante Semen, que faleceu em julho desse ano.

Foto: Evandro Seixas