Publicidade
Sim & Não

Lula pediu ‘resistência’, diz Vanessa

17/04/2018 às 21:49
Show lula

Integrante da comitiva de 11 senadores da Comissão de Direitos Humanos do Senado que visitou ontem o ex-presidente Lula, a senadora Vanessa Grazziotin (PcdoB) afirmou que o líder da esquerda deu um comando a seus apoiadores: “resistência”. Ela admitiu que as condições do petista na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, são adequadas, mas disse que a sala onde ele está preso - de 15 metros quadrados - é uma “solitária”. Ainda segundo Vanessa, Lula aparenta tranquilidade. “Ele não deixou que ninguém chorasse”.

Homilia   Ao final da visita, os senadores da comissão fizeram um discurso próximo à sede da PF em Curitiba. “O que eles tentam prender é um projeto de País”, bradou Vanessa. Ao seu lado estava Yan Ivanovich (PCdoB), que há dois anos foi candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo PT. 

Plano B Ante a constatação de que as condições de Lula na prisão são “boas” (excelentes se comparadas aos demais detentos do sistema prisional do País), os senadores vão passar a questionar com ímpeto, a partir de agora, o veto a visitas ao ex-presidente.

Regras Por ora, só familiares e os advogados estão autorizados a visitar Lula na prisão.

Reação 1  O Conselho Regional de Economia (Corecon/AM) promete ingressar hoje com uma representação nos Ministérios  Públicos Estadual e Federal  para que o decreto do governo, que transfere para a Sefaz parte da  estrutura da Seplancti, seja suspenso. 

Reação 2  As manifestações contrárias ao decreto Nº 38.859, que provocou as mudanças na Seplancti, vieram de todos os lados e desaguaram na Assembleia Legislativa do Estado (ALE/AM), que agora corre em busca de uma solução.

Conquista   A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovou ontem, por unanimidade, a proposta que prorroga incentivos fiscais para empresas instaladas nas áreas de atuação da Sudam e da Sudene.

Trâmite  A vitória foi comemorada pelo senador Eduardo Braga (MDB), principal articulador para que o texto entrasse na agenda de votação do colegiado. A proposta agora segue para a Câmara dos Deputados.

Agenda  O deputado federal Pauderney Avelino (Democratas) teve encontro esta semana com o ministro do Planejamento, Esteves Colnago, para tratar de uma nova chamada dos aprovados no concurso da Suframa,  e também da situação do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), que segue como o “elefante branco da floresta”.

Sério?  De acordo com Pauderney, o ministro Esteves Colnago informou que o caso dos 45 excedentes do concurso da Suframa está sendo analisado. Quanto ao CBA, ainda segundo o deputado, o ministro disse o óbvio: “que é muito importante a  transformação dele numa organização social para que se torne uma instituição cada vez mais forte”.

Da terra   Os irmãos Belarmino e Átila Lins, deputado estadual e federal, respectivamente, pelo PP, nunca estiveram tão próximos do setor primário como agora.  

Da massa  As portas da Sepror foram abertas para a dupla pelo titular da pasta, José Aparecido, em nome da experiência dos Lins com o interior.