Sexta-feira, 30 de Julho de 2021
Editorial

Manaus diz sim à vacina


show_WhatsApp_Image_2021-06-13_at_18.24.45_22D537EE-7A5C-4388-952F-7847DD96DF20.jpeg
14/06/2021 às 07:23

Neste final de semana, a população de Manaus deu uma grande demonstração de que, apesar da gigantesca onda de desinformação a respeito das vacinas contra a covid-19, o bom senso prevalece. Dezenas de milhares de manauaras – de berço ou de coração – lotaram os postos de vacinação para tomar a tão esperada primeira dose do imunizante. O resultado foi um recorde; mais de 140 mil pessoas foram vacinadas em apenas dois dias de mutirão. Uma mobilização que deixa claro: Manaus diz sim à vacina. A população compreende que se trata da principal arma contra a pandemia que já ceifou mais de 13 mil vidas no Amazonas, sendo mais de nove mil na capital. 

O recorde de vacinação em Manaus também mostra que a articulação correta entre Ministério da Saúde, governos e prefeituras não é apenas necessária, mas fundamental para acelerar o processo de imunização. Uma rápida observação nas estatísticas do “vacinômetro” da Prefeitura de Manaus revela que, antes do mutirão deste final de semana, o recorde de vacinas aplicadas em um só dia tinha acontecido em 8 de fevereiro. O novo recorde, atingido ontem – mais de 79 mil aplicações - é praticamente cinco vezes maior que a antiga marca. Vale ressaltar que até então a vacinação tem ocorrido de maneira muito irregular na capital. Desde janeiro, em oito dias não houve vacinação. Mais de uma semana perdida. 

É claro que esse ritmo está diretamente relacionado à disponibilização de doses por parte do Ministério da Saúde, o que tem ocorrido de forma bastante errática, mas que tende a ser intensificada nas próximas semanas. Na terça, o Brasil deve receber três milhões de doses da vacina Jansen; no sábado, o País recebeu nova remessa de insumos para produção de seis milhões de doses. Entre atrasos e avanços, a vacinação prossegue, mas a necessidade de aceleração é cada dia mais urgente. Por enquanto, pouco mais de 11% dos brasileiros já receberam as duas doses da vacina. Ainda parece muito distante o dia em que 70% da população estará vacinada com as duas doses. Apenas quando esse dia chegar, poderemos ter a certeza de que a doença estará vencida, e será seguro abandonar o uso de máscaras. Enquanto esse dia não chega, vamos nos vacinar quando pudermos, incentivar nossos amigos e familiares a fazer o mesmo, usar máscaras e pressionar as autoridades por mais vacinas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.