Publicidade
Sim & Não

Manaus terá ‘esquenta’ do julgamento do ex-presidente Lula

21/01/2018 às 21:04
Show lula 222

Manaus entrou na rota dos protestos que pedem a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que será julgado no Tribunal Regional Federal (TRF-4) na próxima quarta-feira. O movimento Vem pra Rua Amazonas passou o fim de semana entregando  convites para o “Ato em Defesa da Justiça”, marcado para às 18h de amanhã, dia 23, em frente ao Posto 700. O coordenador estadual do Vem Pra Rua, Jean Batista, afirma que dezenas de pessoas já confirmaram presença.

Pró-Lula  

Na mesma noite, aconterá uma vigília em defesa do ex-presidente. O comitê estadual pelo direito de Lula ser candidato se reunirá em frente à Seção Judiciária do Amazonas (TRF1). O julgamento, que acontece em Porto Alegre, será decisivo para as pretensões de Lula e do PT nas eleições 2018.
 
Fermento

 Está pronto para entrar na pauta na Comissão de Constituição e Justiça do Senado projeto de lei que muda o nome da Superintendência da Zona Franca de Manaus para Superintendência das Zonas Francas da Amazônia.

Pra fora  

As exportações do Amazonas fecharam o ano de 2017 com quase 100 milhões de dólares a mais do que em 2016. O crescimento de 17,1%, porém, está longe de significar a volta do Estado à casa dos US$ 1 bilhão exportados no começo da década. Foram US$ 1,1 bi em 2010 contra US$ 673, 6 mi agora.

Agronegócio

Começou por Humaitá intensa campanha  do agronegócio para fazer o Amazonas auto-suficiente na produção de grãos como soja e milho, matérias primas da ração de peixes, aves e outros animais. O titular da Sepror,  José Aparecido, e o presidente do Idam, Luiz Herval, estiveram recentemente na região. 

Força local  

A soja já é realidade em Humaitá e dezenas de produtores de Rondônia e do Mato Grosso hoje procuram terras no Sul do Amazonas, última fronteira a ser ocupada pelo agronegócio.

Gelado  

A Secretaria Municipal de Educação assinou contrato de R$ 3,7 milhões para compra de condicionadores de ar do tipo split. De acordo com o extrato do negócio, publicado há três dias no Diário Oficial, a empresa Extra será fornecedora dos equipamentos por 12 meses.

Em obras  

Gary T. de Carvalho  e Central Empreendimentos assinaram contratos com o Ministério Público Estadual para construir, em 12 meses, as sedes do órgão em Coari e Boca do Acre, respectivamente. O valor dos contratos somados é de pouco mais de R$ 1 milhão.

Mesma toada

 Enquanto o presidenciável tucano Geraldo Alckmin reuniu-se este fim de semana com a economista Elena Landau, do movimento Livres, seu adversário nas prévias do PSDB, Arthur Virgílio Neto, teve encontro com fundadores e membros do Movimento Brasil Livre (MBL). 

Protesto

O encontro de Arthur com o MBL foi noticiado pelo próprio prefeito de Manaus, e em seguida citado em protesto contra o Zona Azul. Faixa pendurada no Centro sugere que ele troque a conversa com o MBL por um papo com moradores e visitantes do local. 

Samba bom  

Tradicional programa anual da rádio Câmara, o “Samba da Minha Terra” este ano incluiu enredos fora do eixo Rio-São Paulo. De Manaus, o programa mostrou o samba da Aparecida, que este ano exaltará os Maués. O programa está na internet.