Publicidade
Sim & Não

MDB aperta o play da pré-campanha

25/06/2018 às 21:20 - Atualizado em 25/06/2018 às 21:55
Show eduardo braga

Após o barulho feito pelo PSB do presidente da ALE/AM, David Almeida, e pelo PSD do senador Omar Aziz, chegou a vez do MDB atiçar filiados na fase da pré-campanha e movimentar virtuais candidatos em torno do projeto do partido para 2018. A legenda planeja um megaevento para o próximo dia 7 de julho quando reunirá militantes da capital e do interior, com e sem mandato, especialmente pré-candidatos que sonham com uma vaga no Legislativo.

Arranjos

“A partir desse encontro vamos começar a definir a questão do governo e da Presidência”, declarou  o senador Eduardo Braga, sobre as futuras alianças do MDB e a organização do palanque no Estado para o candidato do partido ao Planalto.

Desenho 1

Diferente do PSB e do PSD que já definiram David Almeida e Omar Aziz, respectivamente, como pré-candidatos ao governo, e do PSC que lançou Wilson Lima, o MDB não tem planos, pelo menos até aqui, de disputar o Executivo como cabeça de chapa.

Desenho 2

A sigla, aliás, segue bem próxima de Amazonino Mendes (PDT). Mas segundo Braga, não há nada definido. “Estamos só conversando”.

Timing

A visita de Ciro Gomes ao Amazonas está confirmada para o próximo sábado (30). O presidenciável do PDT cumpre compromissos em Manaus e estará em Parintins para a segunda noite do Festival. A visita de Ciro Gomes se dá após a passagem de dez pré-candidatos à Presidência da República pelo Estado.

Mistério

O encontro de Ciro com Amazonino Mendes ainda está sob suspense. Questionado se ambos estariam juntos no camarote do governador, em Parintins, o presidente estadual do PDT, deputado federal Hissa Abrahão, disse que “Ciro visitará todos os camarotes” e  “fará questão de estar próximo do povo Amazonense”.

Espertalhões

Parlamentares e dirigentes partidários estão enviando ao Comitê de Combate à Corrupção Eleitoral e ao Caixa Dois denúncias que poderiam ser apresentadas por eles mesmos aos órgãos de Justiça 
e ao Ministério Público.

Não, não e não!

Membros do comitê já perceberam que vários desses denunciantes tentam, na verdade, atingir adversários sem querer se expor, mesmo tendo recursos, advogados e legitimidade para propor ações eleitorais. Por isso, o grupo resolveu barrar proposições com cheiro de cilada.

Apuração

O promotor Edílson Martins abriu inquérito para investigar “eventuais irregularidades” na consultoria da Giuliani Security & Safety ao governo. O contrato é de R$ 5,6 milhões.

Enterro

O Ministério Público do Estado sepultou de vez um procedimento que teve início há 14 anos e apurava se cinco vereadores da CMM, na  Legislatura 2001/2004, ganharam, de maneira ilegal, diárias por viagens para fora do Estado. 

Exumação

A investigação contra os vereadores chegou a ser arquivada sob o argumento de que o TCE/AM não havia encontrado irregularidades nas contas da CMM, mas foi desarquivada pelo Conselho Superior do MP. A nova análise até constatou dano ao erário, porém, concluiu tratar-se de “baixa ofensa patrimonial”, abaixo de R$ 20 mil.