Publicidade
Sim & Não

Melo acena com dívida à Prefeitura

06/07/2016 às 19:50 - Atualizado em 07/07/2016 às 09:22
Show fgfgdfgdg

O governador José Melo (Pros) deu mostras de que não pretende sanar a dívida que mantém com a Prefeitura de Manaus ao afirmar, essa semana, que o Executivo Estadual não tem obrigação de pagar subsídio às empresas de ônibus. “Aquilo não é obrigação do Estado. Aquilo o Estado fez na época que tinha caixa. Agora, ou compro remédio ou entro com esse tipo de coisa”, afirmou Melo à coluna. O governo não pagou nenhuma parcela em 2016. Artur Neto (PSDB) tem cobrado publicamente.

Meio a meio

O subsídio às empresas de transporte coletivo começou a ser pago em julho de 2013. Com a prefeitura e o Estado rachando a conta. Por mês, o Estado vinha pagando pouco mais de R$ 1 milhão. O que deixou de ser feito este ano.

Dividido

José Melo diz que o apoio ao prefeito é certo, mas ressalta que a aliança ao tucano é tão importante quanto a reeleição dos vereadores do Pros na CMM. “Tem que cuidar de defender (a eleição dos vereadores)”, disse Melo à coluna.

Não, de novo

O juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual, Leoney Figliuolo, julgou improcedente uma ação do deputado Ricardo Nicolau (PSD) contra o procurador Francisco Cruz. É a 4ª ação proposta pelo político que tem o mesmo fim .

Inútil

“As provas apresentadas pelo denunciante são imprestáveis”, afirmou Leoney na sentença de mérito. Nicolau denuncia irregularidades em processos licitatórios na gestão de Cruz como procurador-geral de Justiça.

Abstinência

O vice-governador Henrique Oliveira (Solidariedade) diz não ver a hora de ganhar as ruas de Manaus em campanha. Ao apertar a mão de jornalistas, na posse de Flávio Pascarelli, o político afirmou: “Estou com saudade disso (apertar a mão do povo). Estar na rua”.

No time

O presidente do TCE-AM, Ari Moutinho Júnior, disse que a decisão do tribunal de passar para as terças as sessões do pleno é uma tentativa de se adequar às agendas de Brasília.

Dia de todos

Moutinho diz que é comum ter que se ausentar das sessões do TCE-AM, nas quartas, por conta de compromissos na capital federal. “Quarta é o dia que tudo acontece em Brasília”, diz o conselheiro. Segundo ele, a mudança também se encaixará melhor nas agendas dos advogados.

Lava aqui

Delegados com atuação na Lava Jato estarão em Manaus, hoje, participando do 1º Simpósio Nacional de Combate à Corrupção organizado pela Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal – Direção Regional do Amazonas (ADPF-AM).

O conduto

Entre os participantes do evento está o delegado federal Luciano Flores de Lima, aquele que levou Lula na marra para prestar depoimento. Um dos temas tratados no encontro será a troca de delegados na Lava Jato, confirmada na segunda, 4.

Vai mas volta

Luciano Flores é um que vai se desligar da operação, mas a pedido dele, segundo a imprensa nacional. O delegado vai atuar na segurança da Olimpíada, e volta à força tarefa após o evento.

Foto: Evandro Seixas