Publicidade
Sim & Não

Melo e Amazonino se afagam

05/07/2016 às 21:36
Show mazoca

Marcada por discursos que pregaram o “diálogo” entre os  poderes, a solenidade de posse do novo presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ/AM), Flávio Pascarelli, reservou aos bastidores um reecontro inusitado entre o ex-governador Amazonino Mendes (PDT) com o governador José Melo (Pros). O gelo entre ambos foi quebrado por Amazonino, que perguntou a Melo: “o senhor está com raiva de mim?”. Ambos conversaram de forma descontraída e afável, como velhos amigos.  


Ok!  

Dizendo-se disposto a ‘conversar’ sobre  a redivisão do bolo orçamentário do Estado, conforme proposta feita pelo novo chefe do TJ/AM, o presidente da ALE/AM, Josué Neto (PSD), tem em mãos argumentos de sobra para mostrar que a Casa, em ano de crise, buscou fazer a sua parte. Reduziu salários de servidores e cortou gastos. 


Mas...  

O Tribunal de Justiça do Amazonas, que pede mais recursos, reajustou salários, entretanto, aumentando o peso de sua folha de pagamento. Os dados estão na ponta da língua de Josué, que também vai lembrar que o Legislativo, há três anos, concedeu parte de seu orçamento ao TJ/AM, verba que foi usada, em parte, para o pagamento de indenizações.  


Parabéns  

A Assembleia encontrou tempo, ontem, para homenagear, com o título de Cidadão do Amazonas, o deputado estadual Francisco Gomes (PSD), natural do Acre. A Casa só não consegue mesmo investigar a conduta do parlamentar, que usa o gabinete para fazer consultas em troca de apoio eleitoral, como já denunciado por A CRÍTICA. 


Saudade  

Em suas postagens nas redes sociais, o senador Eduardo Braga (PMDB) não esconde a falta que a cadeira de governador lhe faz. É comum que os posts tenham a frase “quando fui governador”, com fotos que rememoram sua passagem pelo governo do AM.


Saudade 2

Ontem, por exemplo, a página de Braga no Facebook registrava: “Quando fui governador, sempre ia pessoalmente fiscalizar a qualidade dos serviços que prestávamos à população (...)”. Em outra postagem, ele diz: “Quando governamos o Amazonas, inauguramos a Policlínica Odontológica da UEA (...)”.  


Réplica

Em nota, a assessoria de imprensa do deputado federal Hissa Abrahão (PDT) contestou informação publicada por A CRÍTICA, ontem, dando conta de que o parlamentar faltou 29 vezes este ano. “Das 51 sessões deliberativas realizadas em 2016, Hissa deixou de participar de sete sessões, sendo que seis foram justificadas por estar em tratamento de saúde”. 


Então, tá  

“Em relação as 29 ausências de plenário, o parlamentar ressalta que estava na Câmara, mas por algumas medidas partidárias teve de se ausentar da votação; atendeu no gabinete; licenciou-se para tratamento de saúde e participou de reuniões”, diz a nota de Hissa.  


Levante  

“Hoje temos o melhor secretário de Segurança de todos os tempos no Estado, no entanto, ainda não temos o apoio devido a esses servidores da Segurança Pública”. Do deputado estadual Cabo Maciel (PR), revoltado com o aumento da violência e a morte de policiais no AM. 


Talião  

Para Maciel, a SSP/AM precisa adotar o “olho por olho, dente por dente”.