Publicidade
Pinga Fogo

MPE investiga uso ilegal do Fundeb em Lábrea

09/02/2019 às 09:03
Show mp1 fc825f0f b32b 449c 8519 867646d3f28a

O MPE  vai investigar o pagamento ilegal a professores que não estariam em exercício em 2018 na rede municipal de ensino do município de Lábrea.

 De acordo com o inquérito aberto pelo promotor Rodrigo Nicoletti,  o pagamento foi realizado com verba do Fundeb. “O pagamento de verba pública oriunda do FUNDEB a profissionais do magistério da educação que não estejam em efetivo exercício caracteriza improbidade administrativa causadora de prejuízo ao erário”, diz trecho do inquérito.

 O prefeito de Careiro da Várzea, Ramiro Gonçalves (MDB), esteve na Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) para solicitar ao órgão fiscalização dos transportes intermunicipais na cidade.