Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020
Sim & Não

Novo ano, novo ataque à ZFM


refrigerante_4AF01CDE-A63B-4BB1-871B-8270DD36BFA5.jpg
09/01/2020 às 08:08

Lamentada em nota pela Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não Alcoólicas, a decisão do Governo Federal de manter a redução da alíquota do IPI de concentrados de refrigerantes produzidos na Zona Franca de Manaus (ZFM) configura-se em mais um ataque ao modelo. Pega de surpresa, a bancada amazonense em Brasília se articula para mudar a decisão do governo e evitar prejuízo bilionário para o setor de bebidas no PIM.

Entenda Desde 1º de janeiro de 2020, a alíquota do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente sobre a produção de concentrados para bebidas, passou de 10% para 4%, reduzindo significativamente a competitividade dos fabricantes. A bancada amazonense esperava um novo decreto restabelecendo a alíquota vantajosa para o AM, mas o governo ignorou o pleito.

Desprezo Para o senador Plínio Valério (PSDB), foi uma esperteza desleal da equipe econômica tomar a decisão durante o recesso. Segundo ele, isso mostra o desprezo que a equipe econômica tem pela ZFM. “Tivemos várias reuniões e ficou mais ou menos acertado, estabelecer em 12%. Agora, temos que ver o que faremos na volta do recesso”, disse o senador.

OMC O senador Eduardo Braga (MDB) também reagiu negativamente à redução dos incentivos tributários para a produção de concentrados de bebidas não alcoólicas na ZFM. Para o senador, a decisão quebra o direito constitucional e a política de desenvolvimento sustentável, reconhecida inclusive pela Organização Mundial de Comércio (OMC).

Prejuízo O prejuízo estimado para as empresas que produzem na região em 2020 é de cerca de R$ 2,1 bilhões, por conta da redução dos créditos tributários a que têm direito.

Janeiro Branco A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) realizou, ontem (8) rodas de conversa e visitas aos serviços de Radioterapia, Urgência, Enfermarias e Quimioterapia para promover o “Janeiro Branco”. As atividades têm o objetivo de promover a saúde mental de servidores, funcionários e estagiários e seguem até amanhã (10).

Capacitação O atendimento do Disk 129, número de telefone para agendamentos e esclarecimento de dúvidas pela população da Defensoria Pública do Estado (DPE-AM) será suspenso nesta sexta-feira (10). O motivo é  uma capacitação para aperfeiçoar a qualificação do atendimento ao cidadão da qual os servidores da Central Telefônica irão participar.

Gratuitos O Centro Universitário do Norte (Uninorte) vai realizar entre os dias 15 e 31 de janeiro, primeira edição do Projeto Capacita, com a oferta de 136 cursos e oficinas gratuitas para a comunidade. Durante o período, a Instituição disponibiliza atividades nas áreas de humanas, saúde, Direito e exatas nas suas unidades.

Inscrições Entre os cursos oferecidos estão: oratória, auto maquiagem, criação de blogs, como ganhar dinheiro sendo guia turístico, desenho à mão livre, direito do consumidor entre outros. Os interessados em participar podem se inscrever até o dia 28 de janeiro no site uninorte.com.br, escolher a qualificação e no dia do curso levar de 1kg de alimento não perecível.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.