Publicidade
Sim & Não

Novos líderes partem para o confronto

13/02/2019 às 07:26
Show cabo e joana 79cc9848 de8f 471b aba1 50c64c93c070

Anunciados no início da semana como vice-líderes do governo na Assembleia Legislativa do Estado, Cabo Maciel e Joana D’arc, ambos do PR, entraram na ativa 24h depois e partiram para o confronto de informações, ontem, a fim de neutralizar os ataques à gestão da Saúde. Na tribuna, Maciel divulgou que da dívida de R$ 600 milhões acumulada pela Susam em 2018, R$ 450 milhões se referem a salários de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, maqueiros e pessoal de apoio. De 2017, sobrou uma dívida de meio bilhão.

Disparo  Já Joana D’arc classificou o setor de Saúde do Estado como uma “caixa preta”  que está sendo exposta atualmente. “Não permitirei nenhuma injustiça de quem se calou durante todas as gestões anteriores”, disse ela. 

Tropa   A multiplicação de líderes no plenário da Assembleia faz parte da estratégia do governo para reagir ante aos ataques, especialmente contra o setor de Saúde.

Lentidão  A reação do governo Wilson Lima na ALE-AM foi tida como lenta pelos próprios deputados que decidiram fazer parte da base aliada. A escolha de Carlinhos Bessa (PV) como líder também foi criticada.

Equipe  Agora, além de Bessa, Cabo Maciel, Joana D’arc, Dr. Gomes (PRP) e Therezinha Ruiz (PSDB) - líder e vice-líder da Maioria - serão o anteparo do governo na ALE-AM.

Mas...   Wilker Barreto (PHS), único a declarar oposição formal ao governo, segue buscando brechas para tentar criar embaraços à gestão estadual. Ontem, ele iniciou um movimento a fim de convocar à Assembleia o titular da Susam e vice-governador, Carlos Almeida, o secretário de Educação, Luiz Castro, e o chefe da Casa Civil, Leandro Benevides. Wilker diz que quer esclarecimentos sobre contratos das pastas.

Curioso   Em tom exaltado, o  deputado Álvaro Campêlo (PP) atacou a gestão Jair Bolsonaro na sessão plenária de ontem e acusou o presidente de descumprir compromissos assumidos com o AM e a Zona Franca de Manaus (ZFM). Detalhe: o Delegado Péricles, do PSL, assistiu todo o discurso do colega. Calado estava. Calado ficou. 

Bola cheia  Membro do primeiro escalão do prefeito Arthur Neto (PSDB) até pouco tempo atrás, o vereador Dante, ex-secretário Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, ganhou a comissão mais importante da Câmara Municipal de Manaus (CMM). Vai comandar a CCJ.

Apuração 1  O Ministério Público do Estado (MPE-AM) instaurou um inquérito para  investigar supostas irregularidades na formalização e execução de um contrato entre a Semulsp e a empresa Millenium Locadora Ltda. A empresa foi responsável pelo aluguel de seis caminhões-baú e dois caminhões pipa à Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos.

Apuração 2  O ex-secretário da Semulsp, José Aparecido dos Santos, o atual, Paulo Ricardo Rocha Farias, e os ex-subsecretários Túlio Kiphoff e Sueli Silva de Araújo serão alvos do procedimento.

Azarado  O ex-vice-governador Henrique Oliveira, que já disse ter entrado de “gaiato” no barco de José Melo, agora tem mais uma condenação na conta do TRE.