Publicidade
Sim & Não

O pior já passou, diz líder de Melo

31/01/2017 às 21:18
Show sab  reis0111

Novo líder do governo na ALE-AM, o deputado Sabá Reis (PR) afirma que foi surpreendido pelo anúncio de seu nome para a função. Isso porque ele nunca teria sequer conversado com José Melo (Pros) sobre o assunto. “Ele (governador) não me convidou. Ele me anunciou”, diz Sabá. O parlamentar afirma que a responsabilidade é grande, mas diz ter consciência de que o pior momento do governo passou, e foi bem enfrentado pelo ex-líder David Almeida (PSD).

Corajoso   Afastado das pautas do governo desde as eleições passada, o vice-governador Henrique Oliveira (SD) apareceu nesta terça, 31, e foi afagado pelo governador. Para Melo, foi um gesto de muita coragem de Henrique aceitar ser candidato a vice dele nas eleições de 2014.

Legado  A amigos, Pedro Elias (ex-Susam) destaca dois pontos do seu trabalho no governo de José Melo que guardará como troféu: enfrentar a pior crise da Saúde em toda a história sem jogar a toalha; e não ter colocado as digitais no famigerado reordenamento das unidades de saúde em Manaus.

Furou Servidores da Assembleia Legislativa se queixam que a direção da Casa não vem pagando suas férias na data prevista.

Pagou sim Em nota, a Diretoria Geral da ALE-AM informou que pagou, sim, em janeiro as férias de todos os servidores efetivos que estavam em período de gozo do benefício. E que os pagamentos de férias dos servidores comissionados acontecem nos respectivos períodos em que pediram para tirá-las.

Plano A  O vereador Marco Antônio Chico Preto (PMN) defendeu ontem que José Melo, em vez de cortar o subsídio do transporte público, poderia condicioná-la à publicação de todos custos que compõem o sistema por parte da Prefeitura de Manaus. Se Artur Neto não cumprisse, aí sim haveria corte.

Plano B  “Melo devia antes de retirar o incentivo, dar 15 dias para que o prefeito apresentasse os custos do sistema de transporte”, sugeriu Chico Preto. 

100%  Dados da Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab) dão conta que o Sine Amazonas dobrou a entrega diária de carteiras de trabalho com a implantação do novo sistema de CTPS Digital. O posto central, da avenida Joaquim Nabuco, chega a entregar até 90 documentos por dia.

Esquecimento  No sistema anterior, o longo prazo para que o documento ficasse pronto (até 30 dias) acabava contribuindo para que os usuários esquecessem ou desistissem de pegar a carteira. Agora, a CTPS fica pronta em até cinco dias, o que aumentou seu resgate por parte dos trabalhadores.

Veja bem 1  Em resposta à nota da coluna, a assessoria do INSS no Amazonas sustenta que o número de processamento do seguro defeso dos pescadores divulgado pelo deputado Dermilson Chagas (PEN) ao jornal é inverídico.

 

Veja bem 2  Segundo o INSS, o quantitativo de processamentos efetuados até a terça, 31, era de mais de 57.000 requerimentos, de um total de aproximadamente 68 mil requerimentos protocolados na Gerência do INSS em Manaus. Nas contas de Dermilson, dos 74 mil requerimentos, apenas 30 mil foram processados. O motivo seria falta de pessoal.