Quinta-feira, 20 de Junho de 2019
Sim & Não

‘O tempo e a população vão dizer’


henrique_7551F942-C30B-4EB4-AF98-6F901A43423A.jpg
07/06/2019 às 07:35

Novamente de posse de seus direitos políticos e apto a ser eleito pelo voto popular, o ex-vice-governador Henrique Oliveira (Pros) afirma que prefere deixar com o “tempo e com a população” seu destino político nas eleições de 2020. “Vou conversar com as pessoas. Continuo sendo muito bem recebido. Isso não afetou a minha popularidade. E, com o poder ou não, sempre estarei ao lado da população”. De concreto até agora só a decisão de deixar o Pros, partido que Henrique comanda no Amazonas.

Alegria Uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), publicada ontem, reconheceu os argumentos da defesa do ex-vice-governador e restaurou sua elegibilidade. “Recebi a notícia com muita alegria porque a Justiça foi feita. Quando todos os ilícitos foram cometidos, eu era deputado federal”, alega.

Muito cedo Mesmo afirmando não saber os rumos que sua vida política irá tomar, Henrique Oliveira não descarta a possibilidade de concorrer a um cargo eleitoral. “Ano que vem tem eleição, mas é muito cedo para saber a qual partido vou me filiar ou a que cargo vou concorrer”, diz.

Em cima do lance O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM), Marco Aurélio Choy, fez alusão, nas redes sociais, às conversas publicadas entre Neymar e a modelo que o acusa de estupro, ao dar as boas-vindas aos novos aprovados no exame da ordem. “Saudades do que a gente ainda não viveu. Bem-vindo aos novos colegas (sic)”, publicou.

Chovendo no molhado O Ministério Público Estadual (MPE-AM) tem emitido recomendações após a medida já ter sido tomada pelo executivo. Ontem, recomendou a suspensão da venda de açaí em Uarini por causa do surgimento de casos de doença de chagas. Acontece que a Susam já havia anunciado na quarta-feira que o comércio do produto estava suspenso.

Transferência Por ocasião da crise no sistema penitenciário, em 27 de maio, o MPE recomendou ao Governo pedir ajuda federal e realizar o quanto antes a transferência dos líderes das facções. As medidas já haviam sido anunciadas pelo governador Wilson Lima nas redes sociais.

Lei Seca O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) tem intensificado as blitzen da Lei Seca na capital. Decidiu, entretanto, não limitar suas ações à repressão. Lançou na quarta-feira à noite um projeto inovador de prevenção e conscientização nos bares da cidade.

Apoio O primeiro estabelecimento que recebeu a ação do Detran-AM foi o Porão do Alemão, localizado no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus. “A todo mundo é dado o direito de tomar sua cerveja, beber e se divertir. Só não é nos dado o direito de beber e dirigir”, afirmou o diretor presidente do órgão, Rodrigo de Sá, conclamando o apoio dos empresários do ramo.

Manaquiri  A cidade de Manaquiri vai estar animada neste sábado (08/06). A Prefeitura vai promover uma “Cavalgada” para anunciar a 3ª Expo Manaquiri, evento que vai de 12 a 16 de junho. Além do desfile de cavalos, haverá shows musicais. Para completar a festa, uma “Costelada” (churrasco de costela bovina) será oferecida à população.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.