Publicidade
Sim & Não

Oitivas sobre a farra das licenças

25/02/2018 às 19:52
Show caso

Na próxima segunda-feira, 5 de março, os réus e testemunhas do esquema de licenças para micro-ônibus dos sistemas Executivo e Alternativo começam a ser ouvidos pelo juiz do processo, Genesino Braga Neto. Entre os réus estão o ex-chefe da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Marcos Cavalcante; o vereador Cláudio Proença (PR); e os presidentes de cooperativas Julio de Oliveira Mendes e Venício José de Araújo.

Esquema   No processo, Cavalcante é acusado de comandar uma quadrilha que comercializava licenças, que iniciou no valor de R$ 12 mil chegando a R$ 20 mil, para que presidentes de cooperativas e motoristas cooperados participassem do sistema de transporte executivo. A ação penal foi apresentada em 2012 pelo promotor Rodrigo Miranda Leão Júnior.

Distrito    O setor de construção civil em Manaus aguarda a licitação das obras de revitalização do Distrito Industrial de Manaus. A Prefeitura anunciou que lançaria o edital após o período carnavalesco. As ações serão feitas por meio de recursos do Ministério do Planejamento, que destacou a liberação de R$ 150 milhões.

Praciano  Na última semana, o ex-deputado Francisco Praciano (PT) esteve em Brasília para se reunir com a presidente nacional da sigla, senadora Gleise Hoffmann. O assunto: cenário pré-eleitoral no Amazonas. Segundo Praciano, ele é um pré-candidato a governo ou Senado, mas não esconde a preferência pela segunda opção.

Concursados  Nesta segunda-feira, ocorrerá uma audiência na Assembleia Legislativa do Estado para tratar sobre a convocação dos aprovados no concurso da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) realizado em 2014. 

Convocação   No início do mês, o governo do Estado convocou mais 49 aprovados no concurso da Susam. Foi a sexta chamada do certame, de modo que a Susam já convocou 75,69% dos 9.346 aprovados no concurso que tem validade até abril de 2019.

Filas   Bancos e shopping centers continuam na mira do Procon estadual, que tem cumprido um cronograma de fiscalizações para verificar o cumprimento da Lei das Filas. Só na semana passada, mais de 100 autos de constatação foram lavrados, quando os estabelecimentos são apenas alertados sobre a irregularidade.

Multas Uma nova rodada de fiscalização nas agências bancárias e lojas de shopping centers poderá resultar em multa para os estabelecimentos que já tenham sido alertados por meio dos autos de constatação.

Reforço O advogado Júlio Antonio Lopes passará a integrar o Grupo de Estudos Estratégicos Amazônicos (GEEA), formado por profissionais do Inpa e de várias outras instituições, criado há dez anos, na gestão de Adalberto Val, com o objetivo de discutir os temas mais relevantes da região.

Registro As conclusões do grupo são consolidadas no Caderno de Debates, já no tomo X, disponível na página eletrônica do Inpa. O convite a Júlio Antonio Lopes foi formulado pelo secretário-executivo do GEEA Geraldo dos Santos.