Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020
Sim & Não

Partidos cobram coerência


A-5_02A7EA00-71A8-441F-B769-FB545D2E63FA.jpg
15/12/2019 às 03:45

Indicam uma mudança de paradigma os casos recentes de partidos cobrando coerência de seus parlamentares com as diretrizes defendidas pelas siglas. Além da queda de braço de Saullo Vianna com o Cidadania, e de Dermilson Chagas com o Progressistas, dos irmãos Átila e Belarmino Lins, a mais nova rusga partidária envolve o deputado estadual Adjuto Afonso e seu filho, o vereador Diego Afonso, com a militância do PDT, que anda insatisfeita com os dois.

Processo  

No caso do PDT com os Afonso, ainda não há um posicionamento oficial do partido, mas já há inclusive um processo no Tribunal de Justiça do Amazonas em que Adjuto Afonso requer indenização por danos morais ao professor Ian Toledo Lemos. Adjuto não gostou do professor ter postado no grupo do partido que ele é governista em troca de cargos.

Nota 

O processo movido por Adjuto Afonso contra o professor motivou uma nota de repúdio do Movimento Trabalhista pela Educação, da militância pedetista. “O MTPE/AM repudia a postura do parlamentar Adjuto Afonso, que por vezes votou contra os funcionários públicos e contra os princípios do PDT”, diz a nota da militância.

Traição  

Três momentos cruciais são considerados traição dos Afonso à militância pedetista em 2019: Adjuto ter votado a favor do congelamento de gastos e salários do Executivo até 2021; Diego ter articulado a filiação de Glória Carrate ao partido, e Adjuto ter votado a favor do aumento da alíquota da Previdência para os servidores estaduais.

Recondução  

O deputado federal Silas Câmara (Republicanos) foi reconduzido à presidência da Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional. A recondução do deputado amazonense envolveu uma mudança no estatuto, que não permitia reeleição.

Erraram  

Ao comentar sua recondução à presidência da frente parlamentar, Silas Cãmara lembrou que dois jornalistas locais, em um programa veiculado em rádio e TV, comentaram que, enquanto ele estava em Manaus, outro Silas – o Malafaia – articulava em Brasília para tirá-lo da presidência. Eles estavam errados, comemora o parlamentar.

Disputa

Um outdoor localizado no bairro Parque Dez tem sido alvo de disputa entre grupos pró e contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O grupo “amigos do whatsapp” tem utilizado o espaço mais vezes para manifestar seu apoio irrestrtito ao presidente.

Disputa 2  

Mas o grupo autointitulado “Policiais pela Democracia” é quem ocupa o outdoor atualmente. “É melhor Jair se arrependendo” é a mensagem, que enumera o que o grupo aponta como perdas provocadas pelo governo federal:  fim da aposentadoria e dos direitos trabalhistas e cortes na educação e saúde.

Capacitação  

A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) e seus órgãos vinculados (Idam, Adaf e ADS), lançou, na sexta-feira (13), o projeto "Caseiro Rural", que vai oferecer um curso voltado para trabalhadores e caseiros rurais com turmas mensais durante todo o ano de 2020. A primeira capacitação está prevista para acontecer em janeiro do ano que vem.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.