Publicidade
Sim & Não

Praciano diz que nunca mais será candidato

09/08/2018 às 08:39
Show show praciano

O ex-deputado federal Francisco Praciano anunciou ontem que vai se aposentar da “política-partidária” do PT e revelou que não será mais candidato a cargos eletivos. “De candidatura eu me aposento. Já fiz a minha parte”, disse ele ao SIM&NÃO.

Praciano travou e perdeu uma queda-de-braço dentro do PT para ser candidato ao Senado. O partido preferiu dar a legenda à comunista Vanessa Grazziotin, que  disputa a reeleição. “Perdi essa luta. Fiz minha parte. Lutei pelo que achava ser um direito meu. Estou fora”.

Despedida

Na conversa com a coluna, Praciano informou que embarca na próxima semana para o Ceará, a fim de resolver problemas familiares, e não sabe se retorna ao Amazonas.

A luta continua

“Não vou sair do PT. Vou continuar fazendo política, mas não a partidária. Vou fazer política como cidadão. Vou procurar um meio, dar aula, me envolver com associação, ONG”, comentou. “Vou escolher lá no Ceará uma forma de brigar pelo Lula e o (Fernando) Haddad”.

‘Se vire’

A respeito dos comunistas, Praciano disse que vem sendo acusado de atrapalhar Vanessa. “Quem está fora está atrapalhando em quê?”, indagou. “Que a Vanessa seja feliz e procure um lugar que seja aceita. Ela que se vire para encontrar a aliança que melhor lhe favorecer. O David (Almeida) e o Serafim (Corrêa) não querem”. 

Afasta de mim

O PSB do Amazonas resiste em receber Vanessa Grazziotin como candidata da chapa ao Senado por vários motivos, entre eles, sondagens eleitorais que mostram uma rejeição estratosférica à comunista.

Independência ou...

O vice-prefeito Marcos Rotta (ex-PSDB) declarou ontem que, se receber formalmente do governador Amazonino Mendes (PDT) o chamado para assumir a Secretaria da Região Metropolitana de Manaus, vai avaliar inicialmente se terá a autonomia necessária para realizar o trabalho.

Capitão

“Não posso chegar num voo cego. Preciso, antes, saber de todos os números, quem são as empresas que venceram a licitação, se a verba realmente já está liberada, analisar a estrutura, as caçambas, sentar com os técnicos e ter garantia de que terei o comando da operação”, disse Rotta. 

The Best

Rotta ainda afirmou que se sentiu lisonjeado com a lembrança de seu nome para ocupar a pasta, mas jura que não tratou do assunto com Amazonino. Ontem, durante vistoria a obras na Avenida das Flores, Amazonino disse que Marcos Rotta é a melhor opção para gerenciar os R$ 148 milhões destinados ao asfaltamento da capital. 

E agora?

O racha entre o prefeito Arthur Neto (PSDB) e os ex-aliados Marcos Rotta e Wilker Barreto, presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vai forçar o tucano a repensar suas longas viagens pelo Brasil e o exterior.

Reservas

Rotta é o primeiro na linha de sucessão a Arthur e Wilker o segundo. Por ora, o vereador nem pode assumir a Prefeitura porque é candidato a deputado, mas o impedimento só dura até 7 de outubro.

Anzol

Wilker já sente na pele as consequências do desenlace com Arthur. Dezenas de comissionados indicados por ele estão sendo demitidos.