Publicidade
Sim & Não

Previsão de crescimento para o Norte

06/11/2016 às 20:04
Show 1151659

De acordo com a Consultoria Tendências, o País deve retomar o crescimento econômico no próximo ano puxado pela indústria. No caso da Zona Franca de Manaus, um dos destaques será a expansão do Grupo Positivo, que deve investir US$ 800 milhões para ampliar a produção de smartphones, placas e baterias. Só na reunião do Conselho de Administração da Suframa realizada em julho, o Grupo Positivo teve aprovado investimento total de US$ 61,9 milhões.

Esquenta

Como preparativo para o Dia Nacional de paralisação,  esta sexta-feira, o movimento docente da Ufam fará na véspera atos simbólicos batizados de “ocupa Ufam”. Três vezes no dia, durante uma hora, as atividades serão paralisadas para tentar mobilizar apoios à greve de sexta-feira.

Varejo

O Natal para os fabricantes de eletrodomésticos e eletrônicos, que normalmente ocorre em outubro, por conta das encomendas feitas pelo comércio, neste ano está atrasado. Com estoques ainda elevados no varejo e na indústria e uma perspectiva desfavorável de vendas no final de ano, as lojas estão fazendo os pedidos a conta-gotas, esperando sinais positivos da economia.

Temporários

A Defensoria Pública do Amazonas (DPE) está analisando denúncias de que servidores contratados em regime temporário pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam) estariam sendo demitidos sem a devida indenização. O assunto será debatido hoje, às 9h, no auditório da Escola Superior da Defensoria Pública.

Construção Civil

Trabalhadores da construção civil também se reúnem hoje com o representantes do sindicato patronal para discutir pleitos como  reajuste salarial, data-base, cesta básica e pagamento do 13° salário.  Caso as propostas não sejam aceitas, os trabalhadores pretendem paralisar as atividades na manhã da quarta feira (9).

 

Greve à vista

O Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil havia proposto reajuste de 13%. A contraproposta do Sindicato da Indústria da Construção Civil foi de 2%. Se não houver um entendimento hoje, o sindicato deve convocar assembleia para terça-feira e iniciar greve no dia seguinte.

COP22

O Governo do Amazonas será representado pelos titulares dos órgãos de meio ambiente do Estado na 22ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas - COP22, em Marrakesh, no Marrocos, que começa hoje. O evento segue até o dia 18.

Políticas públicas

Na ocasião, serão abordas as experiências do Amazonas com políticas públicas de desenvolvimento sustentável, tais como a Lei de Serviços Ambientais, lançada em 2015, e a implantação da Matriz Econômica Ambiental (MEA).

Parceria

O governo do Estado assinou com o Instituto de Pesquisas Ambientais da Amazônia (Ipam) uma carta de intenção visando a “concepção, estruturação e implementação da Matriz Econômica Ambiental, como política de desenvolvimento sustentável do Amazonas”.

Aliança   

O acordo é uma forma de ampliar o arco das alianças público-privadas e não governamentais, tendo como meta o fortalecimento de uma matriz, que vai muito além da preservação, mas que esteja fundamentada na fixação definitiva das populações do interior.