Publicidade
Sim & Não

Primeira-dama de Manaus ganha superpoderes e derruba o governo

29/04/2017 às 16:18 - Atualizado em 29/04/2017 às 16:23
Show show 01

Desde que conquistou o coração do atual marido, a primeira-dama de Manaus, Elisabeth Valeiko, ganhou do prefeito Artur Neto muito mais do que viagens e presentes.

O tucano também decidiu dar à nova mulher superpoderes sobre a gestão municipal e o controle de secretarias, em especial a de Finanças. Isso tornou um dos gestores mais importantes do Brasil, Ulisses Tapajós, uma figura decorativa na Semef. Na Saúde a interferência também é grande. Homero de Miranda Leão pediu para sair.

Controle

“Betinha”, como é conhecida a primeira-dama, tomou como hábito passar por cima de Ulisses Tapajós e dar ordens diretamente a seus auxiliares, liberando inclusive pagamentos. O titular da Secretaria Municipal de Finanças é mais um que está de saída do governo municipal. 

Exagerado

Em Brasília, assessores relatam o constrangimento de ministros com a presença insistente de “Betinha” em cada reunião oficial de Artur Neto com os titulares das pastas. O tucano faz questão que a esposa apareça nas fotos. O assunto, em alguns momentos, é tratado como piada.

Articulação

Os passos dados pelo presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Wilker Barreto (PHS), mostra que o parlamentar está com um olho no interior e outro nas eleições de 2018. Wilker vem se encontrando constantemente com vereadores e líderes políticos do interior.

Atalho

Um programa que será lançado em maio vai deixar o presidente da CMM ainda mais próximo do interior. O projeto “Câmara Compartilhada”  pretende “fortalecer” a união entre os Legislativos da capital e do interior, munindo os Parlamentos dos municípios de informações nas áreas jurídica, contábil, administrativa.

Pilhagem

O deputado estadual Dermílson Chagas (PEN) estuda mover uma ação contra a Manaus Ambiental por conta da instalação de hidrômetros em poços artesianos. A cobrança tem o aval da Prefeitura de Manaus, mas é ilegal, afirma o parlamentar. “É roubo qualificado”, sentencia.

De graça

De acordo com Dermílson Chagas, a Manaus Ambiental está se apropriando de um bem que não é da empresa. E mais: cobra por uma fonte alternativa de água que é de responsabilidade do Estado e da qual não investiu um único centavo.

Em nome...

Após a polêmica criada no Legislativo Estadual por causa da fiscalização da Secretaria da Fazenda no restaurante da Assembleia, a Sefaz tratou de colocar tudo em pratos limpos. Disse, em nota, que a inspeção faz parte da rotina da pasta (independente do local) e que, nem de longe, teve a intenção de ferir as atribuições do Poder.

...da paz

“A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz/AM), como órgão do governo do Amazonas, respeita incondicionalmente esta independência e harmonia, estabelecida pela Constituição e reitera que as ações fiscais que executa estão em consonância com o ordenamento legal vigente”, informou a secretaria.

Investigação

A expectativa nessa semana estará sobre a instalação (ou não) da CPI do Diesel na ALE/AM. O presidente da Casa, David Almeida (PSD), dá sinais de marcha à ré.