Publicidade
Pinga Fogo

Procuradora diz que massacre em Manaus poderia ter sido evitado

24/01/2017 às 19:56
Show massacre08888

#Em parecer sobre Ação Civil Pública movida pela OAB-AM contra o Estado, a procuradora da República Luisa Astarita Sangoi diz que o massacre em presídios em Manaus poderiam ter sido evitado, pois os fatos que levaram às mortes eram de pleno conhecimento das autoridades.

#Dois alvos da operação “Apagar das Luzes”, deflagrada no Careiro Castanho, ainda estão foragidos. São Aldo Alves de Alencar e Marcley Barbosa Fontes, ex-secretários do município (Finanças e Saúde, respectivamente).

#Assessores da Prefeitura de Manaus garantem que o valor da tarifa de ônibus que será anunciado pelo prefeito Artur Neto (PSDB) até o fim da semana não vai chegar nem perto dos R$ 3,54 que se tem especulado.