Publicidade
Sim & Não

PSDB esconde o autor do ‘gol da virada’

21/05/2018 às 20:58 - Atualizado em 22/05/2018 às 02:31
Show ulisses

Citado quatorze vezes no mais recente relatório global do Banco Mundial, em um capítulo sobre a “virada de jogo” fiscal promovida em Manaus entre 2013 e 2018,  o nome do ex-secretário de Finanças da Prefeitura, Ulisses Tapajós, foi omitido do material de divulgação sobre o feito distribuído ontem pelo PSDB. O capítulo sete do documento reporta o caso de Manaus em cinco páginas e destaca medidas adotadas pelo ex-secretário para motivar funcionários e reformar  sistemas internos.

Máquina “Tapajós tinha uma visão ambiciosa para a cidade. Ele queria fazer de Manaus um dos melhores lugares para se viver no Brasil”, registra o relatório do Banco Mundial, completando que havia, na época, espaço enorme para melhorias na arrecadação.

Parcelado O Detran-AM anunciou que manterá opção de pagamento de débitos de forma parcelada no cartão de crédito. O Denatran susteve portaria que regula o parcelamento, mas os estados que mantiverem o benefício estarão respaldados na Resolução n° 697 de 2017.

Vistoria  Os proprietários de barcos que forem navegar no trecho Manaus – Juruti entre 25 de junho e 2 de julho devem ter atenção ao prazo para pedir vistoria na Capitania Fluvial, que se encerra esta semana. Parintins fica no meio do caminho entre as duas cidades.

De olho  O projeto de Lei 137/15, que regulamenta a criação de municípios no País, é  destaque na pauta da Câmara a partir de hoje. A matéria teve o regime de urgência aprovado na última quarta-feira e precisa do apoio de um mínimo de 257 deputados federais.

De olho 2  Quatorze distritos do Amazonas estão aptos, pelos critérios estabelecidos no PLP 137/15, a pedir a emancipação. Pelo texto, 20% dos eleitores precisam assinar requerimento para dar início ao processo.

Moratória  A adoção da moratória da soja como política de Estado deve ser debatida em audiência pública na Comissão de Meio Ambiente do Senado. Acordo firmado em 2006 entre indústrias e exportadores de cereais desestimula a compra de grãos cultivados em áreas desmatadas da Amazônia.

Em perigo  Ao longo de 2017, ao menos 110 juízes de 30 diferentes tribunais receberam ameaças no Brasil devido à sua atuação profissional. O dado está em levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), feito com questionários, que foi divulgado ontem.

Vulneráveis  A maior parte dos magistrados ameaçados atuam na primeira instância (95%) e na Justiça dos estados (88%), onde geralmente são julgados casos de crimes comuns. Em seguida vem a Justiça do Trabalho, em que foram identificados sete juízes sob ameaça no ano passado.

Pouca fé   O Índice de Confiança do Empresário Industrial caiu para 55,5 pontos  em maio, na segunda redução consecutiva. O indicador ficou 1,2 ponto inferior ao de abril, conforme a pesquisa divulgada ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Voz  A condenação do médico Mouhamad Moustafá pela Justiça Federal do Amazonas foi repercutida no Congresso pelo deputado Laerte Bessa (PR-DF). Em discurso noticiado pela Voz do Brasil, ele lembra que Moustafa doou R$ 600 mil para a campanha do governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB).