Publicidade
Editorial

Reforço à extensão

03/05/2018 às 21:36 - Atualizado em 03/05/2018 às 22:16
Show ufam 2

A direção da Universidade Federal do Amazonas anuncia disposição para trabalhar mais intensivamente a relação Ufam/comunidade. Para isso, quer fazer das ações de extensão um dos espaços preferenciais de convivência e de realização de atividades conjuntas. O trabalho extensionista da instituição é antigo e tem gerado elos importantes nos diversos setores, o que falta é a adoção de uma política institucional que reforce as áreas comuns de sustentação da universidade, ensino-pesquisa-extensão, e a projete para além do espaço universitário com maior dinamismo.

A extensão universitária mobiliza centenas de estudantes, professores e comunitários. Promove aproximações e realizações conjuntas universidade-comunidade que vem servindo para ampliar aprendizados, produzir novos conhecimentos, reforçar apoio a comunidades em situação de fragilidade e de grupos que historicamente estão colocados à margem. Para a universidade, a extensão se constitui em espaço de reinvenção, renovação de compromissos e desafios que podem ajudar a instituição a uma permanente revisão de sua conduta e dos laços que mantém.

Incentivar a extensão universitária, como se predispõe a direção da Ufam, é uma boa notícia em meio a série de ataques que a instituição universitária sofre no atual momento por parte das ações do Governo Federal. Ao mesmo tempo é ampliar a porta de interlocução da Ufam com os mais diversos segmentos sociais e criar alianças que podem produzir no seu interior novos áreas e projetar horizontes mais positivos.

Comunidades e universidade nesse tipo de trabalho têm a oportunidade de atuar na construção da cultura criativa, dialogal e de proximidade contínua entre saberes e conhecimentos. Uma atitude com essa marca representa esforço em direcionar a elite do conhecimento aquilo que sintetiza a missão da Ufam, colocar o conhecimento a serviço das causas dos povos e das culturas amazônicas e situá-la na defesa desses interesses e na promoção permanente das discussões a respeito dos projetos e planos formalizados para as cidades e o Estado do Amazonas. A extensão é um dos corredores de mão dupla que tem facilidade para vencer distâncias e manter a convivência permanente com um diversificado grupo social e em diferentes localidades tanto em trabalhos permanentes quanto naqueles executados em determinados períodos de acordo com a realidade do lugar no qual a proposta está inserida.