Publicidade
Sim & Não

Relatório do Ministério Público do Estado é fulminante

28/04/2017 às 10:01
Show show mp am

O Ministério Público do Estado (MPE/AM) apresenta hoje o relatório do Grupo de Enfrentamento da Crise do Sistema Prisional, fruto de um trabalho desenvolvido durante três meses e que aponta inúmeras falhas no cumprimento do contrato que o governo do Estado mantém com a Umanizzare. A violação dos direitos humanos está entre as conclusões dos promotores, que pedirão na Justiça que a empresa cumpra com as cláusulas contratuais. A investigação concluiu que a crise tem um fator: gestão.

Detalhes

 A equipe do Ministério Público que mergulhou no sistema prisional após o massacre de 1º de janeiro apresenta as conclusões da apuração em entrevista coletiva hoje, às 10h, na sede do MPE, na Ponta Negra. 

Cheirinho de novo

A renovação da frota de veículos oficiais do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ/AM), “tipo sedan executivo”, vai custar R$ 1.981.206,00. Ao todo, serão adquiridos com esse valor 27 veículos da Ford Motor Company. Cada um custando R$ 73,3 mil. 

Ao trabalho

Ao contrário do TRT da 11ª Região, que divulgou ontem ter “aderido” à greve geral contra as reformas do governo Temer, o TJ/AM e o Tribunal de Contas do Estado (TCE/AM) ressaltaram, em nota, que vão funcionar normalmente hoje. O Tribunal de Justiça foi além e disse que não vai parar porque é “atividade pública essencial”.

Será? 

A Prefeitura de Manaus, que gosta de ponto facultativo, informou que o expediente no Município será normal. O governo do Estado também fez questão de frisar que o expediente “ocorrerá normalmente”, em todas as repartições.

Trapalhada

A revolta contra a militarização da SMTU ganhou eco nas redes sociais após denúncias de ações truculentas do órgão, duas delas registradas em vídeo. Além de questionarem a “fiscalização policial” com colete da SMTU, alguns estranham porque o titular da pasta, Audo Albuquerque, é um leão contra  pequenos e um gatinho contra as empresas de ônibus.

Fanfarrão

Na Câmara Municipal de Manaus (CMM), o disparo de Audo Albuquerque para constranger o vereador Marcelo Serafim (PSB), ao convocá-lo para depor, saiu pela culatra.  A Casa defendeu o parlamentar e o presidente do Poder, Wilker Barreto (PHS), transmitiu o sentimento do prefeito Artur Neto a respeito da ação: “despreparo”.

Folga? 

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE/AM), deputado David Almeida (PSD), anunciou, ontem, que fará um rodízio na condução das sessões plenárias entre ele e os três vices-presidentes da Casa.

Sistema

“Como nós temos votação toda semana, a cada semana um dos presidentes vai assumir a Mesa para fazer o encaminhamento da votação”, informou David Almeida, durante a reunião plenária de quinta-feira. O revezamento começou ontem. Belarmino  Lins (Pros) conduziu os trabalhos.

Cobrança

Ao manifestar pesar pela morte do advogado Mansour Chehuan Neto, morto a tiros durante uma tentativa de assalto, a OAB/AM disse que vai acompanhar de perto as investigações. A entidade disse acreditar na Polícia Civil e pediu a identificação e punição dos assassinos.