Publicidade
Sim & Não

Rotta é orientado por WhatsApp

26/01/2017 às 22:05 - Atualizado em 27/01/2017 às 11:29
Show rotta0333

Responsável por assumir o desgaste público diante do reajuste da tarifa de ônibus em Manaus, o vice-prefeito  Marcos Rotta (PMDB) enfrentou a imprensa, ontem, visivelmente constrangido, especialmente por não saber - ou não querer  responder - onde está o titular da função.  O prefeito Artur Neto (PSDB) viajou no dia 18 deste mês para a Colômbia, para, teoricamente, conhecer o sistema de transporte público de lá. A partir daí, não se sabe o paradeiro do tucano. Rotta afirma que Artur dá ordens por WhatsApp.

Mistério  O restante da comitiva que viajou para a Colômbia no dia 18 voltou a Manaus dia 22 de janeiro. Artur e a primeira-dama, Elizabeth Valeiko,  não retornaram. Procurada, a assessoria do prefeito não consegue responder onde está o prefeito de Manaus.

Prazo  Conforme a Lei Orgânica do Município (Loman), o prefeito da capital, o vice e os vereadores não poderão ausentar-se do País por período superior a 15 dias, sem licença da Câmara Municipal de Manaus (CMM), “sob pena de perda do cargo”. A ausência de Artur da capital completa dez dias amanhã.

Trapalhada  O anúncio do aumento da passagem de ônibus para R$ 3,30 não veio acompanhado, como se esperava, da divulgação do plano para melhorar o sistema de transporte público da capital. Novamente, a palavra “estudo” foi usada, desta vez por Marcos Rotta, para dizer que a  “implantação de um novo modal” está em curso. E só.

Ache o app  Vendido ontem pela Prefeitura de Manaus como uma “facilidade” para melhorar a vida de quem usa o transporte coletivo, o app “Cadê Meu ônibus”, que, em tese,  dirá quanto tempo o usuário vai aguardar pelo transporte, não é nada fácil de ser localizado no sistema Android.

Problemas   Há diversos aplicativos com o mesmo nome. É preciso garimpar para conseguir encontrar o app. Instalado, o programa ainda não satisfaz o desejo de quem quer saber quanto tempo vai esperar pelo ônibus - além de travar diversas vezes. 

Vitrine 1   Para compartilhar entre todos os deputados a visibilidade que os cargos dentro da Assembleia Legislativa do Estado (ALE/AM) dão a cada parlamentar, o presidente da Casa, David Almeida (PSD), pretende vetar a atuação dos membros da Mesa Diretora na presidência das comissões técnicas.

Vitrine 2   Isso permitiria que os demais deputados que não fazem parte da Mesa desfrutem do prestígio de presidir comissões. Atualmente, o colegiado é motivo de disputa acirrada entre os parlamentares, em virtude do retorno junto aos eleitores. Ano que vem tem eleição.

Apoio   Titular da Secretaria Especial de Direitos Humanos, do Ministério da Justiça,  Flávia Piovesan decidiu comprar a briga dos defensores públicos que foram aprovados em concurso público do órgão, mas nunca foram chamados. Ela se comprometeu a enviar ofício ao governador José Melo (Pros) pedindo a nomeação.

Lupa   Piovesan esteve em Manaus para acompanhar a situação das famílias das vítimas do massacre no Compaj. Foi recebida  por representantes da Defensoria Pública do Estado e da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Amazonas.