Sexta-feira, 04 de Dezembro de 2020
Sim e Não

Salles resiste à agenda no Amazonas


ricardo_salles_426C7E4B-B3B3-4C33-AEDB-9ABFD057AFE5.jpg
26/10/2020 às 06:32

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, tem mostrado resistência à ideia de integrar a comitiva que acompanhará um grupo de 12 embaixadores ao Amazonas na próxima semana. Segundo A CRÍTICA apurou, em uma das reuniões preparatórias da viagem, o representante do vice-presidente Hamilton Mourão chegou a avisar ao assessor de Sales que se ele não vier pessoalmente, não precisa nem mandar representante. Mourão preside o Conselho Nacional da Amazônia e está organizando a visita.

Choque  - Salles está no centro da mais recente disputa entre os grupos ideológico e militar do Governo Bolsonaro. No fim de semana, ele se desculpou por “excessos” nos tuítes sobre  o ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, a quem imputou a postura de “maria fofoca”.

Choque  2 -  As críticas de Salles são amparados pelos filhos do presidente, que nos bastidores estariam pedindo desde agosto a troca de Ramos. Ontem o general disse à imprensa que não há briga com Salles (pois para haver briga é preciso duas pessoas) e que a relação dele e Bolsonaro está “excepcional como sempre”.

Quem vem - A resistência de Salles em integrar a comitiva de ministros não impediu outros representantes do alto escalão de aderirem à programação. Devem estar em Manaus e São Gabriel entre os dias 4 e 6 de novembro: Augusto Heleno (Casa Civil), Tereza Cristina (Agricultura), Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e André Mendonça (Justiça).

Agenda  - A vinda dos embaixadores ao Amazonas é uma iniciativa do Governo Federal com o objetivo de apresentar o “outro lado” da devastação da Amazônia: as ações federais de combate ao crimes ambientais. Estão entre os nomes confirmados  os representantes da Alemanha,  França, Suécia e Portugal.

Lotada  - A bola do Mutirão ficou lotada de cabos eleitorais na manhã de sábado. Lado a lado, disputando a atenção do eleitor, havia bandeiras de David Almeida (Avante), Alfredo Nascimento (PL), Amazonino Mendes (Podemos) e Alberto Neto (Republicanos).

Sem liminar - Mandado de segurança impetrado pelo candidato a prefeito Ricardo Nicolau (PSD) contra a juíza da propaganda Sanã de Oliveira  teve liminar negada pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Nada disso -  Na negativa a Nicolau, publicada ontem, a desembargadora eleitoral Giselle Lopes diz que ele não está proibido de falar do Hospital de Campanha, mas deve “fazê-lo de forma completa, sem excluir aqueles que com ele participaram dos feitos”.

Apoio -  Em segundo lugar nas pesquisas, David Almeida (Avante) comemorou, no fim de semana, a dedicação do presidente da Assembleia Legislativa do AM, Jousé Neto, na organização de sua carreata, que percorreu as ruas da Zona Leste e da Zona Norte.

Justiça -  Os membros da Comissão Julgadora do Prêmio Innovare vão se reunir hoje, através de videoconferência, para debater e decidir sobre os indicados para a fase final da premiação. O prêmio está na 17ª. edição e destaca as boas iniciativas da área jurídica.

Estradas -  Os governos do Amazonas e Acre estão criando termo de cooperação para a abertura da Estrada entre Feijó, no Acre; e Envira, no Amazonas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.