Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2021
Sim e Não

Sanitização nos três acessos à Manaus


50871926277_2d1fbac03b_o-720x407_294BE640-34CC-4E27-A156-342D7D7838E4.jpg
26/01/2021 às 06:41

Mais de dois mil veículos foram sanitizados no fim de semana nas barreiras montadas pela Prefeitura de Manaus nas três entradas por terra da cidade: AM-010, BR-174 e na ponte Phelippe Daou (Rio Negro). A higienização dos veículos que entram em Manaus é parte do protocolo das barreiras sanitárias, criadas por orientação do prefeito David Almeida após a “explosão” de casos na capital. Nas barreiras também é feito o controle do estado febril de motoristas e passageiros e orientação de prevenção contra a Covid-19.

Esforço conjunto - A ação nas barreiras envolve 100 agentes públicos de diferentes secretarias e autarquias do município de Manaus. E vai continuar esta semana, mesmo com a limitação de circulação imposta por decreto estadual, que deve diminuir bastante o movimento nas estradas.

Punição - Um funcionário da Casa Civil foi exonerado, ontem, após o governador Wilson Lima ser informado que ele  foi vacinado indevidamente. Sem citar nomes, o governador publicou nas redes sociais: “Já determinei a exoneração do mesmo e a apuração do fato”. O nome do demitido é Gerberson Oliveira Lima.

Punição 2 - Gerberson tomou a vacina no Hospital e Pronto Socorro da Criança da Zona Leste (Joãozinho). A gestora da unidade de saúde, Michele Pimentel Afonso, também foi exonerada.

Fura-filas - A punição dos fura-filas da vacina contra Covid-19 com demissão pode virar regra. É o que propõe o vereador Rodrigo Guedes (PSC). O projeto de lei que ele vai apresentar prevê inclusive que os servidores municipais responsáveis pela imunização de terceiros fora da ordem de prioridade sejam exonerados.

Federal - Em Brasília, projeto semelhante foi protocolado no Senado pelo amazonense Plínio Valério (PSDB). O PL federal altera o Código Penal para tipificar como crime a “burla à ordem de vacinação”, e penalizar quem está furando a fila dos grupos prioritários.

Sabá com Covid - Titular da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana, Sabá Reis, testou positivo para a Covid-19. Ele se afastou do trabalho na sexta-feira após picos de hiper e hipoglicemia e foi buscar atendimento médico em  São Paulo. O diagnóstico de Covid  foi feito lá, após novos sintomas.

Sabá vacinado - Sabá  Reis foi vacinado  contra a Covid-19 em Manaus no dia 19, segundo lista oficial da Prefeitura. Ele é um dos acusados de furar a fila da vacina Coronavac, que precisa  de duas doses para garantir a proteção contra formas mais graves da doença.

Trabalho - Em razão do decreto estadual que restringe o deslocamento de pessoas nos municípios do Estado, o TRT-11 suspendeu audiências sessões de julgamento e prazos processuais  no período de 25 a 31 de janeiro de 2021.

Profissão perigo - Os ataques à imprensa e as agressões diretas a jornalistas explodiram no Brasil, em 2020. Em relação ao ano anterior, houve um aumento de mais de 100% dos casos, revelando uma significativa fragilização da liberdade de imprensa no país.

Relatório - Os dados completos dessa escalada de violência constam do Relatório da Violência contra Jornalista e Liberdade de Imprensa – 2020, que a Federação Nacional dos Jornalistas  vai lançar hoje.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.