Publicidade
Sim & Não

Secretaria demite quase 2 mil

27/05/2016 às 21:49 - Atualizado em 28/05/2016 às 09:24
Show susam bolo

A Secretaria de Estado da Saúde está dispensando 1,7 mil servidores - entre temporários e terceirizados - para fazer a 2ª chamada de aprovados no concurso realizado pela pasta em 2014. Quase 400 funcionários temporários tiveram seus desligamentos oficializados essa semana. Nos próximos dias, será a vez de romper o contrato de terceirizados. Segundo o secretário Pedro Elias, 1.755 concursados serão chamados já no próximo mês, priorizando enfermeiros e técnicos. 

Crítica  

Pedro Elias diz que a pasta tem enfrentado frequentes problemas com terceirizados, por isso essa 2ª chamada estaria ocorrendo de forma  emergencial, e destinada à necessidade das maiores unidades de saúde.

Na lista  

Matéria da revista Veja desse fim de semana diz que o deputado federal Alfredo Nascimento (PR) foi citado como beneficiário de propina na Lava Jato pelo ex-deputado Pedro Corrêa, primeiro político a se apresentar ao Ministério Público para contar o que sabe em troca de redução de pena.

Inocente  

Em nota, Alfredo Nascimento disse que as acusações feitas por Pedro Corrêa já foram investigadas à exaustão e ele foi inocentado. “Vou processar o senhor Pedro Corrêa por essa citação injusta e inverídica ao meu nome”, conclui o deputado federal. Essa não é a primeira vez que Alfredo é citado na Lava Jato.

Prêmio  

O deputado federal Pauderney Avelino vem gostando da controversa projeção que o deputado estadual Platiny Soares tem ganhado na ALE-AM. Prova disso é que ele vai entregar ao pupilo a vice-presidência estadual do DEM no Amazonas.

Depois dele, eu  

“Serei ali o número 2 do Pauderney”, conta Platiny animado. A posse do deputado estadual no posto partidário será na próxima reunião do DEM no Estado, ainda sem data.

Conta grande  

Defendendo que o Estado já fez muito pela Prefeitura de Manaus, o líder do governo na ALE-AM, David Almeida (PSD), avisou aos críticos de José Melo (Pros) que, por ano, o governo estadual investe R$ 260 milhões em atenção básica, “sem receber nada do governo federal”.

Vem mais  

Pessimista, David lembrou, na tribuna da ALE-AM essa semana, que a situação do Estado se encaixa perfeitamente em uma das leis de Murphy. “Nada é tão ruim que não possa piorar”, comentou o líder do governo por várias vezes.

O que é o que é?  

O deputado estadual Luiz Castro (Rede) testou o vocabulário dos colegas na ALE-AM, essa semana, ao definir a decisão do governo de desativar unidades de saúde em Manaus como uma “estultice”. “Vocês sabem o que é uma estultice?”, perguntou Castro, respondendo em seguida. “É uma insensatez”.

Stand by  

A intensão de mudar o regimento interno da ALE-AM para  antecipar a data da eleição da Mesa Diretora é um assunto adormecido, mas não enterrado na Casa. Segundo o presidente Josué Neto (PSD), “há uma corrente de deputados” que defende a ideia.

Sem susto  

Os deputados estaduais aprovaram uma lei que obriga a comunicação dos devedores antes de inscrevê-los em cadastros ou banco de dados de consumidores, ou de serviços de proteção ao crédito. A legislação foi publicada no Diário Oficial da Assembleia na quarta-feira, 25.