Publicidade
Sim & Não

‘Secretários’ de Amazonino sofrem com assédio

04/09/2017 às 19:44
Show amazonino 0000

Nem mesmo foram confirmados nos cargos, figuras cujos nomes constam na lista de secretariáveis do governador eleito Amazonino Mendes (PDT) enfrentam uma espécie de “perseguição” de candidatos a assessores para as secretarias estaduais. Telefonemas e mensagens via redes sociais registram o assédio por cargos. Os assessores em potencial admitem que o desemprego é o principal motivador da abordagem invasiva. Outros citam suposta amizade com o governador eleito.

Êxito   Sobre a formação de seu secretariado, observadores atentos da cena política avaliam que o sucesso da gestão Amazonino Mendes dependerá da escolha de um time imune a pressões de políticos, especialmente  daqueles que estarão de olho na eleição de 2018. 

Dela   Fonte ligada ao governador eleito afirma que da  lista de secretários “garantidos” para o quarto governo de Amazonino Mendes, Céles Borges é o nome da Comunicação.

Nem recado  Pelo menos até a tarde de ontem, a Câmara Federal não havia recebido a comunicação oficial do afastamento do deputado federal Arthur Bisneto (PSDB). Na sexta-feira (1), conforme publicação do Diário Oficial do Município (DOM), ele assumiu  o cargo de chefe da Casa Civil da gestão do pai, Artur Neto (PSDB).

Atestados  Consultada ontem, a assessoria de imprensa da Câmara Federal informou que Arthur Bisneto “consta em exercício” no cargo de deputado federal.  O setor de comunicação da Casa sustentou que o último pedido de afastamento de Bisneto se deu do dia 8 a 27 de agosto, quando ele entregou atestados para justificar  licença para tratamento de saúde.

Mérito 1  O secretário estadual de Cultura, Robério Braga, foi agraciado com o título de “Amigo do Arquivo Público Amazonas”, por colaborar com a modernização do acervo público e destinar ao órgão documentos e obras de natureza cultural e histórica.

Mérito 2  A homenagem foi estendida a Maria Lenir Feitosa, “pela  excelência dos serviços desempenhados  como diretora do Arquivo Público durante dez anos” e também a Ana Holanda, pelo desempenho à frente do órgão nos últimos 27 anos.

Prestígio   O ex-secretário de Segurança Pública do AM, delegado federal Sérgio Fontes, recebeu homenagem ontem no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) em evento que reuniu o comandante da PM, David Brandão, o delegado-geral de Polícia Civil, Frederico Mendes, e o general Antonio Polsin, que representou o CMA.

Ele volta?  A despedida de Sérgio Fontes, que pediu demissão na semana passada, ainda contou com a presença de diversos servidores da SPP/AM, membros do Exército e do Corpo de Bombeiros. Repetidas vezes, Fontes ouviu  a expressão “até breve”.

Fisgou  Trinta quilos de costela de tambaqui foram consumidos pela Seleção Brasileira de Futebol em sua passagem por Manaus, no último fim de semana. O chef Cláudio Procópio, do Holiday Inn, conta que o peixe assado lhe rendeu elogios do técnico Tite. A equipe treinou sábado na capital diante de 36 mil  torcedores.